domingo, 29 de setembro de 2019

HOMEM É PRESO EM SOBRADINHO II, APÓS COMETER HOMICÍDIO, COM REQUINTE DE CRUELDADE, EM ANÁPOLIS-GO E FUGIR PARA O DF.


O SUSPEITO USOU UM MARTELO PARA GOLPEAR A CABEÇA DA VÍTIMA, POR DIVERSAS VEZES, E NÃO SATISFEITO, PEGOU UMA ARMA DE FOGO CALIBRE 12 E EFETUOU TRÊS DISPAROS A QUEIMA ROUPA NA VÍTIMA, QUE VEIO A ÓBITO NO LOCAL.

Por volta das 22h30 de sábado, 28/09, policiais militares do GTOP-33, juntamente com o serviço de inteligência do 13º Batalhão de Sobradinho prenderam Patrick Paes Gonçalves, 24 anos, pelo o crime de homicídio qualificado.

Patrick foi preso na AR 12 conjunto 07 de Sobradinho II, após cometer um homicídio, com requintes de crueldade, contra um colega de serviço, enquanto trabalhava em um “churrasquinho” em Jundiaí, Anápolis-GO. Com apoio da Divisão de Homicídio de Anápolis, a arma usada no crime, uma espingarda de fabricação caseira, calibre 12, foi localizada, às margens da rodovia, nas proximidades de Anápolis-GO.

Policiais do Serviço de Inteligência do 13º Batalhão de Sobradinho, receberam informações sobre um homicídio ocorrido em Anapolis-Go e que o autor teria fugido para o Distrito Federal e que estaria escondido em uma residência na AR 12 conjunto 07 de Sobradinho II.

A equipe de GTOP-33 foi acionada pelos policiais do Serviço de Inteligência e após identificar a residência do suspeito realizaram um cerco na residência. Foi feito contato com a proprietária e no momento em que o suspeito avistou a viatura policial, subiu nos telhados das casas vizinhas e tentou fugir das equipes, porem foi alcançado e preso.

Patrick confessou o homicídio e disse onde estaria escondida a arma usada no crime. Foi realizado contato com a Divisão de Homicídio de Anápolis-GO que foram até o local indicado e localizou uma espingarda de fabricação caseira, calibre 12.

Patrick foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e ficará a disposição da justiça do Estado de Goiás.

Claudio Martins




quarta-feira, 11 de setembro de 2019

TRIO É PRESO POR TRÁFICO DE DROGAS E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO DE DROGAS NO CONDOMÍNIO BURITIZINHO, EM SOBRADINHO II.


Policiais civis da Seção de Repressão às Drogas, da 13ª Delegacia de Sobradinho, prenderam Claudio Francisco Ferreira, vulgo “Preguinho”, Rodrigo Barros Aragão e Pablo Henrique Ferreira, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, na QR 05, conjunto A do condomínio Buritizinho, em Sobradinho II.

O trio foi preso após diversas denuncias de que eram integrantes de uma gangue conhecida por “Gangue da Guilhermina” e que atuavam no tráfico de drogas, principalmente nas noites, no Condomínio Buritizinho e adjacentes.

Com os presos, os policiais apreenderam aproximadamente 100 porções de crack, maconha e a quantia de 730,00 em dinheiro. Todos foram conduzidos à 13ª delegacia de Sobradinho e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Claudio Martins

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

POLÍCIA CIVIL PRENDE QUADRILHA POR TRÁFICO DE DROGAS, ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO, EM BAR NA QUADRA 03 DE SOBRADINHO.


Na terça-feira, 03/09, policiais civis da Seção de Repressão às Drogas da 13ª Delegacia de Sobradinho prenderam cinco pessoas pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo, em um bar localizado na quadra 03 de Sobradinho, que segundo denuncias, seria uma “Boca de Fumo”, chefiada por uma mulher.

Os presos, Gabrielle Francisca Cabral, Marcelo Thauan Cabral Rocha, Victor Hugo Sousa Santos e Joelme Lopes Pereira, foram flagrados pelos policiais civis realizando a traficância de drogas no estabelecimento comercial. Com a quadrilha, foram apreendidas, porções de cocaína, maconha e dinheiro, além de uma espingarda calibre 32, com um cartucho deflagrado, que Lucivaldo Miranda portava consigo, durante a abordagem policial.

Segundo a investigação policial, a quadrilha era liderada por Gabrielle, e tinha como associado, seu próprio filho Marcelo, que era o responsável pela a venda direta das drogas aos clientes do estabelecimento. Victor Hugo fazia o armazenamento da droga e Joelme apoiava na venda do entorpecente.

Todos os presos foram conduzidos à 13ª Delegacia de Sobradinho e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Lucivaldo foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e configura como o principal suspeito de uma tentativa de homicídio ocorrida horas antes nas proximidades do estabelecimento. Todos ficarão à disposição da justiça.

Claudio Martins