P U B L I C I D A D E

domingo, 12 de abril de 2015

GTOP-33 PRENDE LADRÕES DE RESIDÊNCIA, RECUPERA PRODUTOS ROUBADOS E APREENDE ARMA DE FOGO.

Por volta das 21h30 de sábado, 11/04, policiais militares do Grupo Tático Operacional de Sobradinho prenderam em flagrante pelo crime de roubo a residência e cárcere privado, Dyego Aparecido Vinhal, 23 anos, Clayton Gois Bais Moura, 36 anos, e Lucas Fernandes Moura, 22 anos. Com eles foram apreendidos dois televisores, um veículo HB20 de cor branca eu um revólver calibre 38 com duas munições intactas.

As equipes Alfa, Bravo e Charlie do GTOP-33 composta pelos sargentos Silvan, Deuzimar, Jeferson, Marcelo Campos, cabos Sandro Pires, Claudio Paiva, Duarte, Wilson Machado e soldado R. Gomes receberam uma informação via CIADe de um roubo em uma residência, com cárcere privado, no Condomínio Dignéia II, conjunto C, em Nova Colina.

A vítima, uma mulher de 39 anos, disse que três indivíduos armados com um revólver calibre 38 e com uma faca, a chamaram ao portão e quando ela o abriu, eles anunciaram o roubo, amarraram-na em um dos quartos e roubaram o seu veículo, um HB20 de cor branca, de placa OZY 8764, bem como dois televisores da residência e um celular, posteriormente fugiram em direção à BR 020.
As equipes realizaram patrulhamento no Condomínio Nova Colina e a equipe Alfa deparou com o veículo roubado abandonado no modulo 05 do Condomínio Bela Vista Serrana. Com apoio das equipes Bravo e Charlie, foi realizado um cerco nos condomínios próximos e no conjunto D do Condomínio Novo Setor de Mansões, os policiais depararam com um individuo em atitude suspeita, que correu, segurando um objeto na cintura, e adentrou a uma residência.

Os policiais cercaram a residência e entraram na casa. Lá dentro as equipes localizaram Dyego, Clayton e Lucas, em posse dos dois televisores roubados, um revólver calibre 38, com duas munições intactas e a faca usada no crime. Todos foram presos, conduzidos à 13ª Delegacia de Polícia e autuados em flagrante pelo crime de roubo à residência, com cárcere privado.

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário