P U B L I C I D A D E

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

GTOP-33 ABORDA VEÍCULO SUSPEITO E APREENDE ARMA DE FOGO EM SOBRADINHO II.




Por volta das 18h30 de quinta-feira, 27/02, policiais militares do Grupo Tático Operacional de Sobradinho prenderam em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, Igor Viana de Souza, 19 anos, morador do Setor de Mansões de Sobradinho II. Ele foi abordado em um VW Gol de cor cinza, na companhia de mais três amigos, na DF 420, próximos ao Mercado Tigrão, sentido Sobradinho II e com ele foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições intactas, cocaína, maconha e dinheiro.

A equipe Alfa do GTOP-33, composta pelo sargento Silvan, cabo Claudio Paiva e soldado R.Gomes realizava patrulhamento preventivo na DF-420 sentido Sobradinho II, quando percebeu um veículo VW Gol, cor cinza, com quatro indivíduos no interior. Como o condutor do veículo já era conhecido pela equipe, por seu envolvimento com drogas, o veículo foi abordado. Entretanto no momento em que o condutor parou o veículo no acostamento da via, o indivíduo que estava no banco de trás do passageiro jogou pela janela, um objeto aparentando ser uma arma de fogo.

A ação do suspeito imediatamente foi percebida pelos policiais e com apoio da equipe do GTOP-33 Bravo, todos foram abordados. Ao ser verificado o que o indivíduo havia jogado pela janela do veículo, os policiais constataram que se tratava de um revólver calibre 38 com seis munições intactas. Com o indivíduo que jogou a arma de fogo pela janela foram apreendidas ainda três porções de cocaína, uma porção de maconha, além de duzentos reais em dinheiro. Ele foi conduzido até a residência onde mora e lá foram apreendidas mais duas munições calibre 38, uma intacta e outra deflagrada.

Todos foram conduzidos à delegacia e lá Igor disse que comprou a arma de fogo por R$1500,00, para se defender, pois estava sendo ameaçado de morte por desafetos de Sobradinho e há três meses teria sido vítima de tentativa de homicídio. Ele foi preso e autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Os outros indivíduos foram qualificados como testemunhas e liberados na delegacia.

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário