P U B L I C I D A D E

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

LUCIANA CALAZANS: UM EXEMPLO DE SUPERAÇÃO E SOLIDARIEDADE


APÓS DESCOBERTA DE CÂNCER, JOVEM DE SOBRADINHO CRIA UM BLOG PARA AJUDAR PESSOAS.
 

Foto: João Timóteo
Levar alegria, solidariedade e fé para as pessoas. Este é objetivo da jovem moradora de Sobradinho Luciana Calazans, 20 anos, que ao descobrir neste ano um câncer (linfoma), na amígdala esquerda, decidiu criar o blog “Continuar sorrindo” ( www.continuarsorrindo.com.br) que atualmente, tem mais de cinco mil seguidores no Facebook  do mundo inteiro.


Apesar das dificuldades e sofrimento no tratamento, Luciana explica que sempre ouvia de amigos e parentes o quanto ela levava positividade e fé para as pessoas. “Descobri o câncer em julho de 2013 e desde então, venho aprendendo muito. Acho que amadureci muito”, disse a jovem que terminou a quimioterapia, realizada no Hospital de Base, em novembro.

“O câncer é um desafio. Quando recebi a notícia achei que ia morrer, chorei muito, foi bem dolorido. Mas Deus me deu força para sempre continuar sorrindo e a cada dia superar um obstáculo”, se emociona a jovem. Ela contou que sempre tentava ajudar os outros pacientes. “Todos chegavam na primeira sessão da quimioterapia abatidos e sem esperança. Eu sentava e explicava que era possível desapegar do cabelo e  tudo aquilo era uma fase”, disse.

Continuar Sorrindo
Ao perceber que sua história de vida fazia bem para as pessoas, Luciana e o amigo publicitário Thiago Macedo colocaram a mão na massa e desenvolveram a ideia do blog. Para divulgar, os jovens criaram uma camiseta com a logormarca do Continuar Sorrindo. “A princípio não tínhamos a ideia de vendê-la, mas todo mundo nos procurou querendo uma”. Agora, a blusa é vendida por R$25 e o dinheiro é repassado para a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale). Doações de cabelos, brinquedos, livros e materiais hospitalares como agulhas e luvas também são ofertados para hospitais públicos do DF.
A moradora da quadra 02 de Sobradinho, Luciana Calazans, ressalta que nunca teve a prioridade de falar sobre a própria vida no blog. “Quero repassar mensagens positivas para todas as pessoas que passam por algum problema, não apenas o câncer. Recebo e-mails diariamente de leitores de Boston, Itália e Califórnia que após acessar o site, melhoraram sua qualidade de vida espiritual”, comemora.

Conscientização
“Aprendi no Hospital de Base que temos que ser mais humanos e tratar todos com igualdade, pois não sabemos o dia de amanhã. Devemos sorrir e sermos gratos pela nossa vida diariamente. Quero depositar todo o meu aprendizado para as pessoas”, disse Luciana. 

Segundo a jovem, a conscientização é o primeiro passo para um mundo melhor. “Me inspirei no projeto ‘Doutores da Alegria’. Nós não pedimos nada para as pessoas, nosso objetivo é resgatar vidas e sorrisos”, diz. Após a descoberta da doença, os amigos da jovem se tornaram doadores de sangue e medula.

Desde agosto, Luciana e os amigos fazem projetos sociais em todo o Distrito Federal. Em algumas visitas, a moradora de Sobradinho conta que não pode participar, pois devido a doença, a imunidade ainda é um pouco baixa. “Visitamos creches, hospitais, orfanatos. Também fizemos o projeto ‘Bike Solidária’, entre outras. A cada dia mais pessoas se tornam militantes da causa”.

Natal e solidariedade
Para Luciana Calazans, a solidariedade não deve ser exercida apenas no mês de dezembro. “Se todos nos juntarmos para fazer o bem, o mundo será um lugar melhor para nossos filhos e netos. Não adianta ficar sentado de braços cruzados reclamando da vida. Todos temos problemas, mas com esforço e muita fé em Deus, conseguimos sair deles”.

Apesar do doloroso tratamento contra o câncer, a jovem ressalta que este ano foi o mais importante de sua vida. “Eu renasci. A doença lavou minha alma e meu corpo. Sou uma nova mulher, uma pessoa totalmente diferente. Tudo que estiver ao meu alcance para ajudar a comunidade eu vou fazer”.

- Esta é a primeira de uma série de reportagens sobre moradores que possuem uma ligação especial com a cidade. Quem quiser sugerir alguma história interessante, mande um e-mail para a Administração Regional de Sobradinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário