P U B L I C I D A D E

segunda-feira, 1 de julho de 2013

HOMEM É PRESO PELO GTOP-33, APÓS TENTAR MATAR A NAMORADA E AMIGO POR CIÚMES, NA FERCAL



Por volta das 23h30 de domingo 30/06, policiais militares do Grupo Tático Operacional do 13º Batalhão, com o apoio do Águia-33 e Fox-33, prenderam em flagrante Carlos Eduardo Ribeiro Santos, 33 anos, pelos crimes da Lei Maria da Penha, Ameaça, Injúria e porte ilegal de arma de fogo. O indivíduo ameaçou matar a namorada e seu amigo, próximo a residência da mãe da namorada, localizada na DF 205, Fercal 01, Sobradinho II.

Segundo a namorada, Gisele, ela convive com Carlos Eduardo, por aproximadamente cinco anos e que ele tem muito ciúmes de seu amigo Ednaldo. Ocorre que por volta de 20h30 de domingo, ela chegou à casa de sua mãe na companhia de seu amigo, em um veículo GM Celta, de cor prata e seu namorado presenciou o momento em que os dois desceram do veículo e adentraram a casa. Ele quebrou o carro de seu amigo e com uma arma de fogo o ameaçou de morte. Posteriormente correu para o mato, próximo ao Colégio.

A equipe do GTOP-33, compota pelo subtenente Valtencir, sargento Carneiro, cabos Xavier e Anderson Augusto estava na delegacia no momento em que o casal de amigos registrava a ocorrência policial e colheu as informações sobre o crime e as características do possível suspeito. Posteriormente os policiais entraram em contato com a equipe de Águia-33 para que fosse realizada uma campana próxima ao colégio, a fim de identificar o suspeito saindo do matagal.

Após alguns minutos de campana, os policiais do Águia-33, perceberam um indivíduo, com as mesmas características do acusado, saindo do mato e solicitaram a equipe do GTOP-33 para fazer a abordagem no indivíduo. Na abordagem os policiais localizaram na cintura do homem, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas. Ele foi preso e conduzido à 35ª DP.

Na delegacia Carlos Eduardo foi reconhecido pelo casal de amigos e Gisele disse que havia recebido uma ligação de Carlos dizendo que “irá matar Ednaldo de qualquer jeito”.

Carlos Eduardo, disse que pegou a arma de seu patrão, sem que ele soubesse, para matar o amigo de sua namorada, porém foi preso antes de cometer o crime. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes da Lei Maria da Penha, ameaça, injúria e porte ilegal de arma de fogo.

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário