P U B L I C I D A D E

quarta-feira, 22 de maio de 2013

POLICIAIS CIVIS DA 13ª DP PRENDEM DOIS HOMENS EM SOBRADINHO POR TRÁFICO E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO DE DROGAS.



Por volta de 00h30 desta quarta-feira 22/05, policiais civis da Seção de Repressão às Drogas da 13ª Delegacia de Polícia de Sobradinho prenderam em flagrante pelos crimes de Tráfico e Associação para o tráfico de drogas, Tiago Pereira, 31 anos, vulgarmente conhecido por “Cascão” e Antônio Marcio, 36 anos. Os indivíduos foram presos na quadra 10 de Sobradinho após serem monitorados por cerda de seis meses pelos agentes da SRD.

Os agentes após receberem diversas denúncias, indicando “Cascão” como dono de uma “Boca de Fumo” do conjunto A da quadra 10 de Sobradinho, realizaram campanas no local e presenciaram por várias vezes usuários de drogas comprando o entorpecente na casa do acusado, porém em diversas tentativas de abordagens “Cascão” conseguia se evadir dos policiais e por isso era considerado “liso”, pois era difícil prendê-lo em flagrante.

Por volta das 00h30 desta madrugada, os policiais estavam em campanas próximos a residência do acusado, quando presenciaram dois usuários entrando na residência para comprar drogas. Diante da situação os agentes adentraram a residência e prenderam Antônio Marcio em flagrante, negociando drogas com os usuários. “Cascão” ao perceber a presença dos policiais escalou o telhado da residência e fugiu por cima das casas vizinhas. Os policiais realizaram um cerco nas residências próximas a de “Cascão” e lograram êxito em prendê-lo escondido dentro do lote de número quatro. Na residência de “Cascão” os policiais apreenderam pedras de Crack, porções de cocaína e porções de maconha, além de R$270,00 em espécie.
 
“Cascão e Marcio foram presos e encaminhados a 13ª Delegacia de Polícia. Na delegacia os usuários confirmaram que iriam comprar droga com os dois indivíduos. Eles foram presos em flagrante pelos crimes de Tráfico de drogas e Associação para o tráfico. Posteriormente foram conduzidos ao cárcere do DPE onde ficarão a disposição da justiça.

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário