P U B L I C I D A D E

terça-feira, 5 de março de 2013

HOMEM É PRESO EM SOBRADINHO II POR ESPANCAR A ESPOSA E AMEAÇAR MATÁ-LA.



Por volta das 19h30 de segunda-feira, 04/03, policiais militares do Grupo Tático Operacional prenderam em flagrante Edmar Vaz Cardoso, 23 anos, acusado de espancar a esposa, na frente dos filhos, na Avenida Central, quadra 04, da Vila Rabelo II.

Vanderlea das Dores da Silva, 25 anos, saiu para o trabalho, bem cedo, e quando retornou para casa encontrou o seu marido, Edmar, embriagado e bastante agressivo. No momento que a mulher tentou uma conversa com o marido, foi agredida com socos e puxões de cabelo na frente dos filhos, que choravam muito, vendo a mãe ser agredida.

Após as agressões físicas, o marido desferiu diversas palavras de baixo calão para a esposa e ameaçou matá-la. Posteriormente quebrou os eletrodomésticos da casa e saiu para a rua.

Vanderlea ligou para a Polícia Militar e denunciou o marido. O Grupo Tático Operacional do 13º Batalhão de Sobradinho realizava patrulhamento na Vila Rabelo quando recebeu a comunicação via CIAD da ocorrência de “Maria da Penha” e deslocou até o endereço informado.

Na frente da residência os policiais depararam com Edmar, totalmente embriagado e com um ferimento no rosto, decorrente de uma queda dias antes. Foi feito contato com a dona Vanderlea e essa demonstrou interesse em denunciar o companheiro agressivo.
No momento que a guarnição se preparava para seguir até a delegacia, a vítima recebeu uma ligação de sua sogra, pedindo para que ela não registrasse ocorrência contra seu filho, pois ele era um rapaz bondoso, entretanto a nora se recusou a acatar o pedido da sogra.

Vanderlea disse aos policiais que acompanhou na televisão uma situação parecida com a que ela estava vivendo, onde uma mulher foi agredida por seu companheiro, não denunciou, a pedido da sogra, e acabou morta a facadas em um shopping no Cruzeiro. Eu não quero cometer o mesmo erro, desabafa Vanderlea.

Edmar Vaz Cardoso, 23 anos, foi preso, conduzido a 35ª Delegacia de Polícia e autuado em flagrante pela Leia Maria da Penha, além de injúria, ameaça e lesão corporal. Após pagar uma fiança de R$1000,00, estipulada pelo delegado de plantão, será posto em liberdade para responder pelo crime.

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário