P U B L I C I D A D E

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

TRAFICANTE É PRESO EM PLANALTINA COM MEIO QUILO DE COCAÍNA ESCAMA DE PEIXE



Por volta das 17h de terça-feira, 04/12, policiais civis da 31ª Delegacia de Polícia prenderam em flagrante Gilderlan Miranda do Nascimento, 28 anos, vulgo “Galego” acusado de tráfico de drogas. Em sua residência foram encontrados mais de 500 gramas de cocaína “Escama de peixe”.

Os agentes tomaram conhecimento de que Gilderlan havia recebido certa quantidade de droga em casa e que ainda não havia encontrado um local para guardá-la, mas que já tinha retirado uma porção menor da droga e estava comercializando no Condomínio Prado no Arapoangas. Em ato contínuo, por volta de 17h00, os policiais seguiram para o local e abordaram Gilderlan em via pública nas proximidades de sua residência. 

O suspeito foi abordado e diante da denúncia, os policiais perguntaram qual o endereço que ele morava e Gilderlan tentou mentir para os policiais, dando o endereço errado, entretanto os policiais já conheciam o endereço do suspeito e seguiram para o local.

Na frente da residência correta, Galego tentou fugir dos policiais e foi preciso o uso de força para contê-lo, momento em que chegou sua genitora e deu autorização para que fosse realizada uma busca no imóvel.

No interior do imóvel foi encontrada uma porção menor de cocaína escondida dentro de um buraco na porta de um dos cômodos e cerca de quinhentos gramas da mesma droga em cima de um armário, em formato de meio tijolo, além de R$ 65,00 (sessenta e cinco reais) em dinheiro em poder do suspeito. 

GALEGO que possui quatro prisões em flagrante, sendo duas delas por Tráfico de Entorpecentes, a última datada de 3/6/2012, e outras duas por Porte Ilegal de Arma de Fogo, foi preso em flagrante mais uma vez por tráfico de drogas. Ele foi conduzido ao cárcere do DPE e ficará a disposição da justiça. A substância foi encaminhada ao IC/PCDF para Exames físico e químico preliminares, com resultado positivo para o Alcalóide Cocaína “Escama de Peixe” por ser uma droga mais pura.

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário