P U B L I C I D A D E

domingo, 9 de dezembro de 2012

GOVERNO DO DF TENTA MANOBRA PARA OFUSCAR O MOVIMENTO DE PMs E BMs



Mais uma vez o governo do Distrito Federal tenta subestimar as categorias de policiais e bombeiros do DF, com manobras inescrupulosas.

Sabendo que está previsto para o dia 13 de dezembro as assembleias da Polícia Civil e da Polícia Militar, às 15:00hs e 20:30hs, respectivamente, fontes ligadas ao Novo Movimento Unificado/ASPRA informaram que está previsto um evento para o dia 12 de dezembro, no Palácio do Buriti, com a presença dos comandos da Polícia Militar, Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros, dos deputados Patrício e Aylton Gomes, do Sinpol, do Sindepol e a imprensa, obviamente, onde será anunciado o reajuste de salário dos órgãos de segurança pública.

Existe a possibilidade de no mesmo evento ser anunciado o fim do Plano de Intensificação Natalina - PIN e a sua conversão em Serviço Voluntário Gratificado - SVG. Cogita-se que o governador Agnelo Queiroz aproveitará a mesma data para anunciar quanto pagará por trabalho adicional das horas extras feitos pelos PMs e BMs no novo Serviço Voluntário Renumerado.

Apesar de reconhecidos publicamente como representantes das categorias pelo Secretário de Segurança, o NMU e a ASPRA bem como nenhuma outra associação não deverão ser convidadas para o evento, segundo a fonte.

Esperamos que caso se confirme a solenidade, por uma questão lógica de respeito aos representantes, o cerimonial reveja muito bem suas ações, assim como o senhor governador avalie bem a situação e entenda que são cinco anos sem aumento de salário e percentuais que superam os 66,8%.

É bom que o governador Agnelo Queiroz saiba que só nos interessa os 66,8% de defasagem de nossos salários e o cumprimento das 13 promessas de campanha feitas por ele e seu vice-governador. Nada mais que isso.

Não aceitaremos conchavos e promoções de quem durante todo esse período de lutas e humilhações não manifestaram uma palha em benefício das categorias, mantendo-se omissos e oprimindo as categorias ao extremo.

Vamos aguardar os acontecimentos e essa manobra, caso ocorra, em nada modificará nossas ações. Somos profissionais de segurança pública e exigimos respeito. Não brinque conosco, senhor governador.

Novo Movimento Unificado – PM-BM
ASPRA-DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário