P U B L I C I D A D E

sexta-feira, 15 de junho de 2012

AUTOR DE HOMICÍDIO EM 2007 É PRESO POR POLICIAIS CIVIS DA 13ª DP EM GOIANIA EM CUMPRIMENTO A MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA.



No dia 19-12-2007, por volta das 23, no Bar da Deusa, localizado nas proximidades do Condomínio Império dos Nobres, Sobradinho, Telmo Cardoso Costa, 29 anos, e seu primo Eliandro da Silva Santana, 30 anos, envolveram-se em uma discussão com a vítima Edi Carlos Oliveira Pereira, à época com 30 anos. A desavença ocorreu durante um jogo de sinuca, em que todos consumiam cachaça e cerveja.

A proprietária do bar determinou aos envolvidos na discussão que saíssem do local. Os autores Telmo e Eliandro saíram primeiramente do bar e se dirigiram a um beco, nas proximidades do estabelecimento, onde prepararam uma emboscada para a vítima. Logo depois, a vítima saiu do bar e se encaminhou ao beco, que era passagem obrigatória de quem chegasse ou saísse do estabelecimento. Chegando ao beco, a vítima foi atacada pelos autores, que, mediante o emprego de uma faca e de um segmento de madeira, esfaquearam a vítima e bateram violentamente contra sua cabeça. Na tentativa de proteger a vítima, o transeunte Edimar da Costa Matos, que passava pelo local, foi atingido em sua mão direita por uma das facadas, ficando lesionado.

A vítima caiu ao chão e foi socorrida por bombeiros militares ao HRS. No dia 24-12-2007, a vítima faleceu em decorrências das lesões sofridas.
Logo após o fato, os autores fugiram do Distrito Federal.

Transcorridos quase cinco anos do fato, novas diligências desencadeadas por agentes da 13ª Delegacia de Polícia conseguiram identificar o paradeiro de Telmo, que estava morando em Goiânia/GO, na casa de sua sogra.

Representada pela decretação da prisão temporária do autor, a MMª Juíza de Direito da Vara do Tribunal do Júri de Sobradinho decretou a prisão temporária de Telmo, pelo prazo de 30 dias. 
No dia 14/06, por volta das 17h, os policiais civis foram a Goiânia/GO, onde cumpriram o mandado de prisão e trouxeram o autor para o Distrito Federal. Com o interrogatório do autor foi possível esclarecer as circunstâncias do fato e qualificar o coautor Eliandro da Silva Santana, ainda foragido, que até então era conhecido apenas por Leandro.

Telmo irá responder pelo crime de homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e por emboscada. Ele foi encaminhado ao cárcere do DPE e ficará a disposição da justiça.


Claudio Martins
Com informações da 13ª DP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário