P U B L I C I D A D E

quinta-feira, 10 de maio de 2012

INAUGURAÇÃO DA CASA DO RIBEIRÃO SOBRADINHO


Cidade ganha de presente, nos seus 52 anos, espaço de preservação ambiental.

Com uma natureza privilegiada, a única cidade serrana do Distrito Federal merecia um espaço apropriado para a prática de iniciativas sustentáveis. Atendendo a anseios da comunidade e à necessidade de preservar a vegetação nativa da cidade, a Administração Regional de Sobradinho inaugurou ontem (09/05) a Casa do Ribeirão Sobradinho. O objetivo é envolver e mobilizar a comunidade, por meio de atividades continuadas de educação ambiental, e fomentar projetos ligados à sustentabilidade.

Foi um dia de muita emoção e de intensas atividades. Subaproveitado há anos, o antigo Viveiro da Administração Regional foi transformado em um verdadeiro centro de atividades socioambientais. “Hoje, nós entregamos à cidade um espaço para a convivência amorosa entre todos aqueles que desejam cuidar da natureza da nossa cidade”, disse a professora Wilma Pereira, grande idealizadora da Casa do Ribeirão, durante a cerimônia de inauguração do local.

“Estamos muito felizes em inaugurar esse espaço, pois preservar as características serranas da cidade, preservar essa natureza linda que tanto nos orgulha, é uma prioridade do nosso governo”, destacou a Administradora de Sobradinho, Maria América. Muitas autoridades governamentais prestigiaram o evento. O deputado Distrital Joe Valle (PSB-DF), grande apoiador da criação da Casa do Ribeirão, destacou a importância da mobilização comunitária para a manutenção do local. “Este é um legado que estamos deixando para a geração presente e, sobretudo, para as gerações futuras. O envolvimento dos moradores para perpetuar esse espaço é fundamental”, ressaltou.

A Casa do Ribeirão tem um Parque Temático de Agricultura Urbana, que possui três mandalas (de flores, hortaliças e ervas medicinais), minhocário, fossa verde (um tipo ecológico que não agride o meio ambiente) e canteiros de hortaliças não convencionais. Foram inauguradas ainda a Biblioteca temática sobre o meio ambiente e a Sucatoteca. Artistas da cidade também apresentaram a música que fizeram para a Casa do Ribeirão. A partir da inauguração, serão desenvolvidas, no local, oficinas de reciclagem e de artesanato, palestras e cursos.

Crianças de escolas públicas da cidade, moradores de todas as idades, representantes de entidades do governo e da sociedade civil: todos presentes na inauguração desse espaço que surgiu da necessidade de preservar o meio ambiente e fiscalizar práticas que poluem o Ribeirão Sobradinho, evitando maior degradação do córrego. Para isso, muitas parcerias foram e serão realizadas com órgãos do governo, movimentos sociais e projetos tais como SOS Ribeirão, Universidade de Brasília, Projeto Rondon e Movimento Brasil Verde. 

Para maiores informações, ligue para 3387-1102

Por Gizele Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário