P U B L I C I D A D E

segunda-feira, 2 de abril de 2012

TREZE PESSOAS SÃO ASSASSINADAS NESSE FINAL DE SEMANA EM TODO DISTRITO FEDERAL

O aumento da criminalidade nas ruas do DF é diretamente relacionado à Operação Tartaruga da Polícia Militar.

Os números de mortos neste final de semana assustam a sociedade do Distrito Federal. Foram treze assassinatos entre zero hora de sábado, 31/03 e as primeiras horas de hoje, segunda-feira, 02/04.

Na quadra 109 sul, um corpo foi encontrado, por volta das 4h da manhã de segunda-feira, na comercial da quadra. A vítima levou seis facadas e morreu na hora. Segundo o delegado da área, Flávio não tinha passagens pela polícia e trabalhava como vigia de uma quadra comercial na Asa Sul. A suspeita é que ele teria tentado impedir um assalto e o bandido voltou para se vingar.

Neste domingo houve um assassinato em Samambaia, dois em Ceilândia e um em Santa Maria. No Sábado, foi mais violento, aconteceram sete homicídios. Um no Recanto das Emas, um na Estrutural, um em Planaltina, um no Gama, um em Sobradinho II e um em Sobradinho.

A maioria dos mortos era jovem entre 18 e 25 anos, do sexo masculino. E segundo a Polícia Civil, 80% dos crimes são acertos de contas, decorrentes do tráfico de drogas.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, quase 70% das pessoas envolvidas nos crimes, tem passagem pela polícia e garante que o número de policiais nas ruas vai aumentar. 

Pesquisas apontam que o aumento da criminalidade nas ruas do DF é diretamente relacionado à Operação Tartaruga da Polícia Militar, aonde os policiais não atendem os chamados ou trabalham para o atendimento das ocorrências de maneira lenta. A presença dos policiais nas ruas não são tão visíveis, como eram antes da operação e os criminosos se aproveitam dessa ausência para cometer crimes violentos em toda cidade do DF.
É importante ressaltar que não foram somente os homicídios que aumentaram. Os roubos com restrição de liberdade aumentaram em 63% e o roubo de veículos em 82%, nesse mesmo período da Operação Tartaruga da Polícia Militar.

Claudio Martins com informações da TV Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário