P U B L I C I D A D E

segunda-feira, 23 de abril de 2012

CRIME DE SEQUESTRO RELÂMPAGO É FORJADO EM SOBRADINHO

Neste domingo, 22/04, por volta das 11h, uma mulher de 35 anos, compareceu a 13ª Delegacia de Polícia noticiando que teria sido vítima de sequestro relâmpago no sábado por volta das 18h, no estacionamento do Supermercado Comper de Sobradinho.

A vítima disse que ao sair do seu veículo, um Citroen/C3, foi abordada por dois infratores e mediante grave ameaça, a colocaram no banco traseiro e seguiram com ela em direção ao Plano Piloto, onde determinaram que a ela efetuasse um saque em um terminal vinte e quatro horas não identificado. A vítima afirma que realizou um saque no valor de R$200,00, entregou aos meliantes e seguiram para locais diversos, passando inclusive pela cidade do Riacho Fundo. 

Segundo a vítima, os infratores passaram com ela em vários bares para adquirirem cervejas e durante o lapso temporal que esteve em poder deles, os mesmos fizeram uso de bebida alcoólica, todavia, não tentaram contra a sua integridade física. Posteriormente a abandonaram com o veículo no Parque da cidade.

A placa do veículo foi repassada para as viaturas da Polícia Militar que saíram em patrulhamento a fim de localizar os suspeitos e salvar a vítima do sequestro relâmpago e não obtiveram êxito em localiza-la.

Os policiais não lograram êxito em localiza-la, por que na verdade não existiu nenhum sequestro em Sobradinho e sim uma tentativa de esconder para os familiares que vítima havia saído com um desconhecido e ficado fora de casa por um bom tempo. Então surgiu a ideia, juntamente com seu marido de fazer uma falsa denunciação de crime para esconder dos familiares o verdadeiro motivo do desaparecimento.

Os envolvidos irão responder perante a justiça por falsa denunciação de crime e após terem assinado um Termo Circunstanciado foram liberados pela autoridade policial.


Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário