P U B L I C I D A D E

segunda-feira, 23 de abril de 2012

ADOLESCENTE É ASSASSINADA A FACADAS EM SOBRADINHO APÓS DAR ABRAÇO DE RECONCILIAÇÃO EM DESAFETA.

Jhenifer Hafrer Garcia, 15 anos, foi morta à faca neste domingo, após uma outra adolescente, de 15 anos, esfaqueá-la com quatro golpes que atingiram no peito, no tórax e nas constas.

Jhenifer estava em uma festa no Lava Jato da quadra 01 de Sobradinho, quando uma garota, que segundo testemunhas, chegou do seu lado e pediu para que elas ficassem “de boa” e solicitou um abraço para selarem a paz, já que no domingo passado elas haviam se enfrentado e trocado agressões no mesmo local. No momento que Jhenifer abraçou a garota, foi agredida com diversas facadas e morta por sua desafeta.

Ela foi socorrida por populares ao Hospital Regional de Sobradinho, porém já chegou sem vida. A autora após o homicídio fugiu do local em um veículo.

Na delegacia compareceu, nesta segunda-feira, Cintia Rosane Pereira, 28 anos, e disse que havia sido ameaçada pela mesma pessoa que cometeu o homicídio no Lava Jato, pois juntamente com Jhenifer havia sido ameaçada de morte pela garota. Os policiais da 13ª Delegacia de Polícia verificaram a Polinter de Cintia e constataram que ela se encontrava foragida da justiça, pelo crime de tráfico de drogas e corrupção de menor.

Cintia disse aos policiais que a adolescente após matar Jhenifer teria dito que ela seria a próxima, por isso se apresentou na delegacia para solicitar proteção policial, entretanto não sabia que se encontrava foragida da justiça, pois havia ganhado neném, motivo pelo qual não compareceu na audiência criminal.

Os policiais estão nesse momento realizando diligências para localizar a suspeita e seus comparsas.

Aguardem mais informações...

Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário