P U B L I C I D A D E

sábado, 31 de março de 2012

POLICIAL MILITAR DE FOLGA PRENDE AUTOR DE HOMICÍDIO EM SOBRADINHO.

Lucas Rodrigues da Silva, 20 anos, foi executado no, 31/03, por volta das 13h30, na quadra 03 de Sobradinho, no momento em que transitava com um veículo de cor prata, por trás do comércio da quadra 03/01. Ele levou cinco tiros e morreu dentro do carro. O autor tentou fugir, porém deparou com um policial militar que estava de folga e foi preso em flagrante com a arma do crime na mão.

Lucas passava de carro na quadra 03 quando um homem se aproximou do veículo e efetuou um disparo em sua direção, que o fez perder o controle do carro, sair da via e atingir a escada de um prédio. O homem se aproximou da vítima e disparou mais quatro vezes à queima roupa, matando-o na hora.

Após os disparos, o autor correu sentido Restaurante Tradição Mineira, localizado na quadra 01 e nesse momento um policial militar, que acabara de sair do estabelecimento, avistou o suspeito correr em sua direção com a arma em punho. O policial esperou o homem colocar a arma na cintura e o abordou, identificando-se como policial, e ordenando que ele levantasse as mãos. O homem ainda pensou em resistir, entretanto percebendo que o policial atiraria nele, colocou a arma no chão e se rendeu.

O policial militar de folga pediu apoio para um prefixo que se encontrava de serviço e conduziram o suspeito até a 13ª Delegacia de Polícia.

Na delegacia, Carlos Antônio Carvalho, 22 anos, disse à reportagem que Lucas teria tentado atropelar sua companheira dias antes em uma faixa de pedestre e queria acertar as contas com ele. O autor recebeu a informação de que Lucas estaria em um carro na quadra 03, entrou em um beco e esperou o momento certo para acertar as contas. Por volta das 13h20 ele avistou seu desafeto no veículo e disparou um tiro que fez a vítima perder o controle do carro e bater em um muro. Então se aproximou e efetuou mais quatro disparos. Percebendo que havia atingido Lucas várias vezes, cessou os disparos e correu. Mais a frente foi abordado por um policial e foi preso com a arma na mão.
Carlos Antônio foi autuado em flagrante pelo delegado de plantão por homicídio qualificado. Após os procedimentos legais, será encaminhado ao cárcere do DPE e ficará à disposição da justiça. A Polícia Militar isolou o local para a Crimialística da Polícia Civil realizar a perícia.

Claudio Martins

Um comentário:

  1. Parabéns ao policial pelo êxito na sua ação. Um vagabundo a menos armado nas ruas.

    ResponderExcluir