P U B L I C I D A D E

sábado, 25 de fevereiro de 2012

POLICIAL MILITAR REAGE A ASSALTO E É ALVEJADO DE RASPÃO NO PEITO E OMBRO. MESMO BALEADO TOMA A ARMA DO BANDIDO NO ITAPOÃ


AUTOR DA TENTATIVA DE LATROCÍNIO
Um policial militar passava pela quadra 304 do Del Lago, Itapoã, por volta da 14h, momento que entrou  em um estabelecimento comercial, mercadinho, para comprar algo para comer e no momento que se preparava para sair, o policial percebeu que um indivíduo entrou armado no comércio e anunciou um assalto.

O policial também avistou outro suspeito do lado de fora do mercado, que aparentava estar acompanhando o assaltante, então esperou um discuido do meliante para ver se havia possibilidade de reagir ao roubo.

Em um certo momento, o policial percebeu que o bandido se aproximou dele e baixou a arma, nesse momento o policial tentou desarmar o homem e foi alvejado de raspão no peito e ombro. Mesmo baleado  e sangrando o policial conseguiu tomar a arma, um revólver calibre .38 do assaltante e percebeu que o meliante também teria sido atingido pelos disparos.

O assaltante correu do local e juntamente com seu comparsa efetuaram mais disparos em direção ao policial, que tentou reagir com sua pistola, entretando a arma encontrava-se em pane e os bandidos conseguiram fugir do local.

Com apoio das viaturas da área do Paranoá e da ROTAM, o policial foi conduzido ao Hospital Regional do Paranoá para ser medicado e não corre risco de morte.

Após ser medicado, o policial se deslocou até a 6ª Delegacia de Polícia para fazer o registro, porém no momento que saia do hospital, avistou um cidadão com as mesmas características do assaltante dando entrada no hospital alvejado por disparo de arma de fogo. Os policiais fizeram a abordagem e conduziram o suspeito, após ser medicado, a  delegacia onde foi reconhecido por uma testemunha como sendo o autor do roubo no mercado.

O suspeito foi autuado em flagrante por tentativa de latrocínio e conduzido ao DPE onde ficará a disposição da justiça.

Claudio Martins             

Nenhum comentário:

Postar um comentário