P U B L I C I D A D E

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

DOIS SÃO PRESOS APÓS TORTURAREM E ESPANCAREM MULHER POR CERCA DE NOVE HORAS

Roberta Machado

Um traficante e uma mulher foram presos no início da noite desta quarta-feira (15/2) acusados de tortura e cárcere privado. Segundo informações do delegado-chefe Rogério de Oliveira, da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II), Zulleidyr Trindade, 22 anos, e Ana Cristina dos Santos, 37, amarraram e torturam Tabata de Sousa, 20, após passarem a noite de terça para quarta-feira (15) consumindo crack.

Os três estavam na casa de Ana Cristina, na AR5 de Sobradinho II. Zulleidyr também era traficante, estava em liberdade provisória há 20 dias e cumpria prisão domiciliar por outro crime. Durante a madrugada, Ana Cristina pediu para que Tabata, grávida de dois meses, comprasse bebidas e cigarro para grupo. Por volta de 9h dessa quarta-feira, Ana e Zulleidyr questionaram como Tabata teria conseguido dinheiro para as compras. Os dois disseram, então, que a mulher deveria ter roubado R$ 1 mil e que precisava dividir essa quantia com eles.

Tabata negou o roubo e a posse de dinheiro e, por isso, foi amarrada e torturada durante cerca de nove horas. Próximo das 18h dessa quarta, cansada das agressões, Tabata inventou ter roubado e escondido parte do dinheiro em uma locadora próxima à casa de Zulleidyr. Ana Cristina saiu para verificar a informação e deixou a mulher sozinha com o traficante.

Para Zulleidyr, Tabata disse que a outra parte do dinheiro roubado estava no portão da casa. Quando o rapaz saiu para conferir, Tabata conseguiu desamarrar as pernas e fugir, com as mãos ainda presas, até a delegacia.

A polícia foi até o cativeiro onde o traficante foi preso em flagrante. Ana Cristina foi presa pouco tempo depois, assim que voltou para a casa. Os dois responderão por tortura e cárcere privado e, se condenados, podem pegar de três a 11 anos de prisão.
 
Fonte:correiobraziliense.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário