quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

VÍTIMA DE BULLYNG ESFAQUEIA COLEGA DE 13 ANOS EM ESCOLA DE PLANALTINA

Uma menina de 13 anos esfaqueou um colega de sala da mesma idade no Centro de Ensino Fundamental 3 de Planaltina, no início da tarde desta segunda-feira (28/2).

Segundo a delegada Viviane Bonato, responsável pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) da Asa Norte, a garota irritou-se ao ser chamada de "teletubbie" por dois meninos que passavam de ônibus enquanto ela andava na rua, nessa segunda-feira. A agressão ocorreu pouco antes do toque da sirene para entrada dos alunos na sala de aula, às 13h. Ao chegar na escola, a garota sentou-se ao lado de um dos meninos na tentativa de atacá-lo na jugular. Mas o menino se defendeu e levou entre dois e três golpes de peixeira.

Os adolescentes cursam a 5ª série e estudaram juntas no ano passado. Segundo a supervisora escolar Adriana Reis, que foi professora dos dois em 2011, eles tinham alguns conflitos em sala de aula, como a troca de agressões verbais, e chegaram a ser suspensos pela direção, mas nada que não estivesse dentro dos parâmetros da normalidade.

A reação da garota pegou de surpresa a direção da escola, pois os adolescentes não tiveram nenhum registro de indisciplina este ano e aparentavam ter uma convivência tranquila.

O coordenador da regional de ensino de Planaltina, Misael Barreto, disse que o CEF 3 não tem histórico de violência e já conta com policiais do programa "Muita calma nessa escola" em todos os turnos.

A diretora do centro de ensino acompanhou os pais da criança ferida até o Instituto Médico Legal e à DCA I. O menino não sofreu ferimentos graves.

A adolescente está apreendida na DCA, de onde segue para o Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje). O caso será encaminhado para a Vara da Infância e aguardará análise judicial para decidir se a garota continua internada ou se será aplicada uma medida sócio-protetiva.

A menina já tem passagem por ato infracional análogo (por ser menor de 18 anos) aos crimes de ameaça e furto a residência, no ano passado. Além disso, responderá agora por ato infracional análogo ao crime por tentativa de homicídio.
 
Fonte: correiobraziliense.com.br

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

POLICIAIS CIVIS DA 13ª DELEGACIA DE POLICIA APREENDEM MENOR EM SOBRADINHO II NO MOMENTO QUE EFETUAVA DISPARO EM VIA PÚBLICA.


Segunda-feira, 27/02, por volta das 16h, policiais civis da 13ª Delegacia de Polícia apreenderam em flagrante um menor por ato infracional análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Agentes da SIC/ Vio realizavam diligências na AR 12 de Sobradinho II quando visualizaram  o menor, I.P. da S., 14 anos, efetuar disparo de arma de fogo em via pública.

Os policiais se aproximaram do menor, fizeram a abordagem e apreenderam a arma de fogo, uma pistola sem marca aparente, calibre .765 com três munições intactas de calibre .32.

O menor foi apreendido e encaminhado à DCA, onde foi autuado em flagrante delito pelo ato infrancional análogo aos crimes de porte ilegal de arma de fogo e disparo em via pública.

Claudio Martins

CASAL É AGREDIDO DURANTE SEQUESTRO EM PLANALTINA NA NOITE DESSA SEGUNDA-FEIRA


Ariadne Sakkis

Um casal foi sequestrado por volta das 23h dessa segunda-feira (27/2) em Planaltina. Os dois estavam em frente a um supermercado, quando foram abordados por três homens armados e encapuzados. As vítimas foram colocadas no banco de trás do veículo, um GM Ágile, e fora levados até o Morro da Capelinha.

No local, os criminosos agrediram o casal e em seguida liberaram as vítimas, primeiro a mulher foi solta e um pouco mais à frente o homem. Os bandidos fugiram com o carro do casal e ainda não foram localizados. As vítimas conseguiram uma carona até a 16° Delegacia de Polícia em Planaltina, onde foi feita a ocorrência.

Fonte: correiobraziliense.com.br

MULHER É SEQUESTRADA E ESTUPRADA NA NOITE DESSA SEGUNDA-FEIRA

Ariadne Sakkis

Uma mulher foi sequestrada e estuprada na noite dessa segunda-feira (27/2) na 512 Sul. Por volta das 22h30 a vítima esperava o namorado sair de uma loja no comércio local, quando foi abordada por dois homens que a levaram para a L2 Sul. Na via encontraram outro veículo, com dois rapazes. Lá houve a troca de motoristas e em seguida a vítima foi levada para um matagal em São Sebastião, onde foi violentada.

Segundo o namorado da vítima, que não quis se identificar, a mulher saiu da faculdade e os dois iriam se encontrar na saída do trabalho dele. O casal estava falando ao telefone quando os bandidos apareceram. O namorado viu o início do sequestro e tentou seguir o carro, VW Pólo, da namorada, mas sem sucesso. Toda a ação dos bandidos e as ameaças feitas à vítima foram ouvidas pelo rapaz.

Mais à frente, o namorado encontrou uma viatura da Polícia Militar e relatou toda a história. Os PMs descobriram que o carro da jovem tinha passado pela Ponte JK e estava a caminho de São Sebastião. Ao saber da localização, eles acionaram o 27° Batalhão da Polícia Militar, em São Sebastião, que encontrou a vítima em uma estrada de chão perto de uma fazenda.

Um dos suspeitos foi deixado perto dessa estrada e foi encontrado pelos PMs. Depois de capturado, ele passou informações sobre os outros três envolvidos no crime. Segundo o suspeito, o grupo estaria no Jardim ABC, na Cidade Ocidental. No local foi preso mais uma pessoa e dois jovens foram apreendidos. Toda a ação foi realizada durante a madrugada.

Os quatro foram levados para a 1° Delegacia de Polícia, nas Asa Sul. A vítima e o namorado prestaram depoimento esta manhã na delegacia.
 
Fonte: correiobraziliense.com

sábado, 25 de fevereiro de 2012

POLICIAL MILITAR REAGE A ASSALTO E É ALVEJADO DE RASPÃO NO PEITO E OMBRO. MESMO BALEADO TOMA A ARMA DO BANDIDO NO ITAPOÃ


AUTOR DA TENTATIVA DE LATROCÍNIO
Um policial militar passava pela quadra 304 do Del Lago, Itapoã, por volta da 14h, momento que entrou  em um estabelecimento comercial, mercadinho, para comprar algo para comer e no momento que se preparava para sair, o policial percebeu que um indivíduo entrou armado no comércio e anunciou um assalto.

O policial também avistou outro suspeito do lado de fora do mercado, que aparentava estar acompanhando o assaltante, então esperou um discuido do meliante para ver se havia possibilidade de reagir ao roubo.

Em um certo momento, o policial percebeu que o bandido se aproximou dele e baixou a arma, nesse momento o policial tentou desarmar o homem e foi alvejado de raspão no peito e ombro. Mesmo baleado  e sangrando o policial conseguiu tomar a arma, um revólver calibre .38 do assaltante e percebeu que o meliante também teria sido atingido pelos disparos.

O assaltante correu do local e juntamente com seu comparsa efetuaram mais disparos em direção ao policial, que tentou reagir com sua pistola, entretando a arma encontrava-se em pane e os bandidos conseguiram fugir do local.

Com apoio das viaturas da área do Paranoá e da ROTAM, o policial foi conduzido ao Hospital Regional do Paranoá para ser medicado e não corre risco de morte.

Após ser medicado, o policial se deslocou até a 6ª Delegacia de Polícia para fazer o registro, porém no momento que saia do hospital, avistou um cidadão com as mesmas características do assaltante dando entrada no hospital alvejado por disparo de arma de fogo. Os policiais fizeram a abordagem e conduziram o suspeito, após ser medicado, a  delegacia onde foi reconhecido por uma testemunha como sendo o autor do roubo no mercado.

O suspeito foi autuado em flagrante por tentativa de latrocínio e conduzido ao DPE onde ficará a disposição da justiça.

Claudio Martins             

POLICIA CIVIL PRENDE HOMEM COM DOIS MANDADOS DE PRISÃO E ACUSADO DE COMETER CERCA DE QUINZE ROUBOS EM SOBRADINHO II


No dia 24/02, por volta das 16h, policiais civis da 35ª Delegacia de Polícia prenderam Caio César Soares de Jesus, 22 anos, acusado de cometer aproximadamente quinze roubos em Sobradinho II e com dois mandados de prisão condenatória por tráfico e associação para o tráfico de drogas e roubo qualificado.

Após investigações acerca de roubos a mulheres que ocorriam sempre nos mesmos horários, locais e da mesma maneira, nas imediações da AR 12 de Sobradinho II, policiais da SIC/Vio identificaram o autor em razão de duas sentenças condenatórias e passaram a realizar campanas próximo ao Posto Melhor, pois constataram que o suspeito estaria transitando em uma bicicleta preta e constantemente era visto próximo ao local.

Os policiais avistaram por volta das 16h do dia 24 um cidadão, com as características do suspeito, trafegando em uma bicicleta preta próximo ao posto de combustível e fizeram a abordagem ao indivíduo.

Na abordagem o condutor da bicicleta se identificou como sendo Caio César Soares de Jesus, 22 anos, e ao verificar no sistema da Polícia Civil foi constatado que havia dois mandados de prisão condenatória em desfavor do suspeito.

Caio foi preso e encaminhado à 35ª DP, onde após uma análise das ocorrências de roubo ocorridas no mês passado foi comprovado que o suspeito era autor de aproximadamente treze roubos. Algumas vítimas foram localizadas e seis reconheceram prontamente Caio como sendo o autor dos delitos.

Ao ser reconhecido pelas vítimas, Caio confirmou que vinha assaltando várias mulheres na área de Sobradinho II, desde que foi posto em liberdade na data de 18/01/2012, em decorrência de um processo pelo qual respondeu referente a outro roubo ocorrido em outubro do ano passado.

Após o reconhecimento das vítimas Caio foi recolhido ao cárcere do DPE e ficará a disposição da justiça.

Claudio Martins

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

HOMEM É PRESO EM SOBRADINHO II ACUSADO DE RECEPTAÇÃO DE VEÍCULO FURTADO

Dia 22/02, por volta das 21h30, policiais civis da 35ª Delegacia de Polícia estavam realizando levantamento acerca de pontos de uso e tráfico de drogas na AR 18 de Sobradinho II e lograram êxito em prender Raul Henrique Soares, 21 anos, em flagrante por receptação.

Os agentes receberam uma denuncia anônima de que Raul estava tentando vender quatro rodas com pneus de um veiculo possivelmente furtado. Os policiais localizaram o suspeito em via pública da AR 18, fizeram abordagem e localizaram em sua residência as rodas completas, que pertenciam a um veículo Saveiro de placa CYZ 0704/SP furtado na área de Sobradinho.

Em entrevista com os policiais da SRD, Raul Henrique confessou que teria comprado o veículo e afirmou que alguns objetos retirados estariam na residência de um adolescente. Os policiais foram até a residência informada e localizaram um cilindro de gás, um extintor e uma chave de roda, pertencentes ao veículo furtado, entretanto o menor não estava na residência.

Raul disse para os policiais o local no qual o veículo havia sido escondido. Os agentes foram até lá e localizaram a carcaça do veículo Saveiro somente com o pneu de estepe, a bateria e a placa CYZ 0704/SP, pois todas as outras peças do carro já haviam sido retiradas.

Raul negou ter participado do furto do veículo e disse que teria recebido a quantia de R$25 reais para desmontar o veículo, mesmo sabendo que era produto de furto.

Raul Henrique Soares foi autuado em flagrante por receptação, Artigo 180, “caput” do Código Penal Brasileiro e ficará a disposição da justiça. O menor foi identificado e encaminhado à DCA para os procedimentos legais.

Claudio Martins

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

POLICIAIS CIVIS DE SOBRADINHO II PRENDEM HOMEM ACUSADO DE ESTUPRO E CÁRCERE PRIVADO NA FERCAL


O ACUSADO SEQUESTROU A EX-ESPOSA, A CONDUZIU ATÉ O POLO DE CINEMA DE SOBRADINHO, A ESTUPROU VIOLENTAMENTE E A MANTEVE TRANCADA DENTRO DE UMA RESIDÊNCIA POR SEIS HORAS.

No dia 21/02, por volta das 14h, Natalício Santos Mascarenhas, 34 anos, foi até a residência de sua ex-esposa, de 21 anos, e sobre o pretexto de levar a filha ao Hospital Regional de Sobradinho convenceu a ex-companheira a entrar no seu veículo para acompanhar a filha.

Natalício saiu com o veículo e ao invés de se dirigir ao hospital seguiu em direção à Fercal e deixou a filha em sua residência. Posteriormente saiu com a ex-esposa e a levou para o Pólo de Cinema de Sobradinho.

Ao chegar ao Pólo de Cinema, Natalício tentou convencer a ex-esposa a reatar o relacionamento com ele, entretanto a mulher se negou a voltar para o ex-companheiro.

Revoltado com a situação, Natalício passou a agredir fisicamente a ex-esposa com socos e chutes. Após várias agressões físicas, manteve conjunção carnal e coito anal contra a vontade da mulher.

Não contente com tais atrocidades, Natalício levou a ex-esposa para a sua residência, a trancou em um dos quartos da casa e disse que ela só sairia dali quando reatasse o relacionamento com ele. A mulher se negou a reatar o namoro e novamente foi agredida fisicamente pelo homem.

Por volta das 19h a mulher percebeu que o ex-marido não estava dentro de casa e ele havia esquecido um telefone celular dentro do quarto. Muito assustada pegou o telefone e mandou uma mensagem para o patrão, pedindo socorro.

O patrão da mulher leu a mensagem e imediatamente seguiu até a 35ª Delegacia de Polícia para denunciar o fato. Os agentes do plantão assim que receberam a informação seguiram para a Fercal. Na residência, Natalício foi preso em flagrante, após tentar se evadir dos policiais. A mulher foi encontrada trancada dentro do quarto e os agentes conseguiram libertá-la do cativeiro.

A vítima foi encaminhada ao HRS para ser medicada e posteriormente foi conduzida ao IML, onde ficou constatada a violência sexual.

Natalício foi autuado em flagrante por estupro, cárcere privado, lesão corporal e ameaça, além de ser autuado na Lei Maria da Penha.

Claudio Martins

HOMEM É PRESO POR POLICIAIS CIVIS EM SOBRADINHO II NO MOMENTO QUE VENDIA DROGA

Dia 17/02, sexta-feira, por volta das 20h30, policiais civis da SRD, Seção de Repressão às Drogas, da 35ª Delegacia de Polícia de Sobradinho II, efetuaram rondas na cidade e depararam com uma movimentação de pessoas, típica de tráfico de drogas, na AR 01 conjunto 07, em frente a casa 03.

Os agentes realizaram campana e presenciaram um dos indivíduos, identificado como Carlos Augusto Matias, 18 anos, recebendo uma quantia em dinheiro e repassando algo para outro indivíduo, de nome Renato Gonçalves de Souza, 27 anos.

Os policiais realizaram abordagem aos suspeitos e encontraram com Carlos a quantia de R$20 reais e com Renato quatro pedras de crack. Renato disse aos policiais que havia comprado as pedras de Carlos naquele momento e não era a primeira vez que comprava drogas com ele. Carlos confessou para os agentes que naquele momento acabara de vender quatro pedras de crack para Renato pela quantia de R$20reais.

Carlos Augusto e Renato foram conduzidos à 35ª DP. Na delegacia Carlos foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, Artigo 33 da Lei 11.343/06 e foi encaminhado ao CDP, Centro de Detenção Provisória, e Renato foi autuado como usuário, Artigo 28 da mesma lei, firmou um termo de compromisso e foi liberado.
                    
Claudio Martins

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

APESAR DE A POLÍCIA MILITAR TER GARANTIDO SEGURANÇA AOS FOLIÕES, CRIMINOSOS APROVEITAM A OPERAÇÃO-PADRÃO PARA AGIR. MÉDIA DIÁRIA DE HOMICÍDIOS DOBRA DURANTE CARNAVAL

Natalia Emerich _Brasília247

O feriado de carnaval não foi aproveitado apenas por foliões. Enquanto parte da Polícia Militar decretou estado de greve na quinta-feira (16) e diminuiu o ritmo de trabalho nas ruas do Distrito Federal, bandidos aproveitaram as festividades para cometer crimes. Em quatro dias, pelo menos 16 pessoas foram assassinadas, ou seja, quatro por dia. O dobro da média diária registrada em dias normais. Outras seis foram vítimas de sequestro-relâmpago.

Ás vésperas do carnaval, policiais militares e bombeiros aprovaram o indicativo de greve da categoria. Eles tentaram a todo custo pressionar o governo para aprovar um plano de carreira com melhorias salariais e benefícios. Atualmente, a PM do DF é corporação mais bem paga do País. O salário inicial é de aproximadamente R$ 4,5 mil.

A decisão preocupou a população, mas o governo do DF garantiu que o ato não comprometeria a segurança nas ruas. Em entrevista, o porta-voz da Polícia Militar, cabo Celso Alexandre, afirmou que o efetivo policial “está muito grande e isso está inibindo situações de crime”.

Segundo o porta-voz, “o policiamento não deixou de ser feito e tudo está tranquilo desde o início do carnaval”. Ele disse que nas ruas do Plano Piloto, por exemplo, 660 policiais e 53 viaturas fizeram ronda durante as festas.

A operação especial montada pelo governo para dar segurança aos foliões, porém, parece não ter inibido a ação de criminosos. Só nas últimas 24 horas, entre a noite de segunda-feira (20) e a madrugada desta terça-feira (21), quatro pessoas foram assassinadas no DF. O número é o dobro da média diária de dois homicídios por dia na região. Três dos casos ocorreram em Ceilândia.

Se o ritmo do feriadão continuar nos próximos dias, em seis meses o DF atingirá o índice de assassinatos registrados em 2011, quando 722 pessoas foram vítimas de execução.

A violência que tomou as ruas do DF durante o carnaval não se limita aos 16 assassinatos. A polícia registrou outras 22 tentativas de homicídio; seis casos de sequestro-relâmpago; nove apreensões de armas; dez prisões relativas à roubo de postos de gasolina; 15 ladrões que assaltaram ônibus. Cerca de 40 veículos furtados ou roubados também foram recuperados.

Na manhã desta terça-feira (21), a violência foi tema do programa de rádio Conversa com o Governador. Durante a exibição, Agnelo Queiroz enfatizou que o Executivo está investindo em várias frentes para reduzir a criminalidade nas regiões administrativas do DF.

Entre as medidas adotadas, Agnelo citou o recém-criado sistema de monitoramento inteligente na área central de Brasília, com 37 câmeras fixas e móveis; a compra de 600 novas viaturas para operações normais de policiamento e operações especiais, a aquisição de oito barcos para fiscalização no Lago Paranoá; além de dois helicópteros e de investimento em equipamentos de segurança em seis ônibus da PM.

“Temos que atuar com um policiamento inteligente, tecnologia, profissionais bem treinados e equipamentos”, destacou Agnelo. O investimento feito pelo governador pode não surtir muito efeito se os militares decidirem manter a operação-padrão e diminuir o ritmo da segurança pública.

UM HOMICÍDIO É REGISTRADO A CADA SEIS HORAS DURANTE O CARNAVAL DO DF

Ana Pompeu / Saulo Araújo
O carnaval deste ano no Distrito Federal não será lembrado somente pela folia. Desde a manhã de sexta-feira até as 20h de ontem, a Polícia Civil registrou 18 homicídios em várias cidades do DF. Média assustadora de uma morte a cada seis horas. As quatro mortes diárias durante os dias de festa correspondem a um aumento de 100% na comparação com a média do feriado do ano passado, quando duas pessoas foram executadas a cada 24 horas.

Acerto de contas, assaltos, brigas de gangues e até discussão entre amigos acabaram em tragédias. Ontem, em Planaltina, um churrasco terminou em um homicídio. Paulo Damir, 32 anos, morreu por volta das 4h30, depois de levar oito tiros. Várias pessoas estavam reunidas na casa de José Viera, apontado como autor do crime, para a festa, na Estância Mestre Darmas 1, conjunto G. De acordo com testemunhas, após ingerir uma grande quantidade de bebida alcoólica, Paulo pegou um grande pedaço de carne, colocou no carro e deixou local.

Mais tarde, ele retornou ao churrasco. O dono da casa iniciou uma discussão, cobrando esclarecimentos sobre a atitude de Paulo. De acordo com as testemunhas, a vítima se irritou e começou a danificar o portão de entrada da residência de José Vieira. Nesse momento, o dono da casa teria ido ao quarto buscar um revólver calibre .38. Com a arma em punho, José Viera disparou oito vezes em Paulo, que não teve tempo de ser socorrido e morreu no quintal da casa. 

Fonte: correiobraziliense.com.br

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

POLÍCIA CIVIL PRENDE MAIS UMA MULHER POR TRÁFICO DE DROGAS

Quarta-feira, 15/02, policiais da 35ª Delegacia de Polícia, após receberem várias denúncias, via DICOE/PCDF, de que Tatiane de Maria Ferreira, 31 anos, estava exercendo traficância de drogas em sua casa, na Ar 12, Conjunto 09, Casa 18, Sobradinho II, iniciaram campana nas imediações e por volta das 23h, observaram uma movimentação de pessoas no local.

Os agentes da SRD (Seção de Repressão às Drogas), com apoio dos agentes da SIG abordaram um indivíduo que estava saindo da casa de Tatiane e afirmou para os policiais ter fumado duas pedras de crack compradas, minutos antes, por R$ 20 reais com a suspeita.

Diante da informação, os policiais se aproximaram da residência e ao adentrarem na casa avistaram Tatiane tentando se desfazer de algo. Os agentes rapidamente abordaram a suspeita, localizaram doze pedras de crack em sua posse e R$20 reais, dinheiro que havia sido repassado momentos antes pelo usuário detido, saindo da casa.

Tatiane foi autuada em flagrante, pelo delegado de plantão da 35ª DP, por tráfico de drogas e conduzida ao Presídio Feminino.

Claudio Martins

FAMÍLIA UNIDA NO TRÁFICO DE DROGAS É PRESA PELA POLÍCIA CIVIL EM SOBRADINHO

COM A MÃE PRESA POR TRÁFICO DE DROGAS HÁ MESES ATRÁS, FILHA ASSUME A “BOCA DE FUMO” PARA DAR CONTINUIDADE AO TRABALHO.


Quarta-feira, 15/02, por volta das 17h, agentes da SRD (Seção de Repressão às Drogas) da 13ª Delegacia de Polícia, prenderam em flagrante Fabiane Carla Gomes, 26 anos acusada de tráfico de drogas na cidade.

Os policiais receberam várias denúncias de que, após a prisão da mãe de Fabiane por tráfico de drogas, ela assumiu a boca de fumo e utilizava de adolescentes para a venda da droga.

Os agentes realizaram campana e presenciaram o momento em que uma adolescente  saía da casa de Fabiane, na quadra 10 conjunto D casa 56, com drogas e as trocava com um usuário por um objeto. 

Os policiais fizeram a abordagem na adolescente e localizaram em poder dela três pedras de crack e R$ 70,00. No momento da abordagem os policiais perceberam que o usuário teria dispensado um frasco de vidro no chão. Posteriormente foi constatado que dentro do frasco havia quatro pedras de crack.

Os policiais apreenderam a adolescente com a droga e se dirigiram até a residência de Fabiana, que se encontrava na porta da casa. Fabiane foi abordada e com ela foi encontrado aproximadamente 40 pedras de crack enroladas em plástico e R$ 424,00. No interior da residência os policiais encontraram um papel com nomes de possíveis usuários de drogas, clientes da família do tráfico.

Fabiane foi presa em flagrante e autuada pelo delegado de plantão por tráfico de drogas e corrupção de menor. Ela foi conduzida ao Presídio Feminino para se juntar à sua mãe na cadeia. A menor foi conduzida à DCA e autuada pelo ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.

Claudio Martins

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

DOIS SÃO PRESOS APÓS TORTURAREM E ESPANCAREM MULHER POR CERCA DE NOVE HORAS

Roberta Machado

Um traficante e uma mulher foram presos no início da noite desta quarta-feira (15/2) acusados de tortura e cárcere privado. Segundo informações do delegado-chefe Rogério de Oliveira, da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II), Zulleidyr Trindade, 22 anos, e Ana Cristina dos Santos, 37, amarraram e torturam Tabata de Sousa, 20, após passarem a noite de terça para quarta-feira (15) consumindo crack.

Os três estavam na casa de Ana Cristina, na AR5 de Sobradinho II. Zulleidyr também era traficante, estava em liberdade provisória há 20 dias e cumpria prisão domiciliar por outro crime. Durante a madrugada, Ana Cristina pediu para que Tabata, grávida de dois meses, comprasse bebidas e cigarro para grupo. Por volta de 9h dessa quarta-feira, Ana e Zulleidyr questionaram como Tabata teria conseguido dinheiro para as compras. Os dois disseram, então, que a mulher deveria ter roubado R$ 1 mil e que precisava dividir essa quantia com eles.

Tabata negou o roubo e a posse de dinheiro e, por isso, foi amarrada e torturada durante cerca de nove horas. Próximo das 18h dessa quarta, cansada das agressões, Tabata inventou ter roubado e escondido parte do dinheiro em uma locadora próxima à casa de Zulleidyr. Ana Cristina saiu para verificar a informação e deixou a mulher sozinha com o traficante.

Para Zulleidyr, Tabata disse que a outra parte do dinheiro roubado estava no portão da casa. Quando o rapaz saiu para conferir, Tabata conseguiu desamarrar as pernas e fugir, com as mãos ainda presas, até a delegacia.

A polícia foi até o cativeiro onde o traficante foi preso em flagrante. Ana Cristina foi presa pouco tempo depois, assim que voltou para a casa. Os dois responderão por tortura e cárcere privado e, se condenados, podem pegar de três a 11 anos de prisão.
 
Fonte:correiobraziliense.com.br

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

POLICIAIS E BOMBEIROS DO DF DECRETAM ESTADO DE GREVE E INICIAM OPERAÇÃO-PADRÃO

Eles reivindicam principalmente equiparação salarial com os policiais civis e a reestruturação da carreira; durante a operação-padrão, os policiais vão exigir a presença da Polícia Civil no local de cada ocorrência criminal e fazer o deslocamento da viatura dentro da velocidade permitida pela via independentemente da urgência do chamado,

 

Agência Brasil 

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr
Os policiais militares e bombeiros do Distrito Federal (DF), reunidos em assembleia na noite desta quarta-feira (15), decidiram entrar em estado de greve e iniciar uma operação-padrão a partir de hoje (16).
Eles reivindicam principalmente equiparação salarial com os policiais civis e a reestruturação da carreira. A assembleia ocorreu na Praça do Relógio, na cidade de Taguatinga.

Segundo o presidente da Associação dos Oficiais do Corpo de Bombeiros Militares, Sérgio Aboud, o salário dos policiais e bombeiros são os menores na área de segurança pública no DF. Ele reclama também do valor pago aos militares em fim de carreira, que ganham o mesmo que um iniciante.

"Queremos que o governo olhe para nós e cumpra o que foi prometido durante a campanha de eleição do governador Agnelo Queiroz. Não temos intenção de iniciar uma greve para prejudicar a sociedade. Precisamos ser inteligentes, queremos apenas negociar com o governo", disse Aboud.

Durante a operação-padrão, os policiais militares vão exigir a presença da Polícia Civil no local de cada ocorrência criminal e fazer o deslocamento da viatura policial dentro da velocidade permitida pela via independentemente da urgência do chamado e a suspensão das autuações de trânsito feitas pela Polícia Militar, entre outras medidas.

A próxima assembleia de negociação com o governo do DF está marcada para o dia 2 de março, na Praça do Buriti.

MENOR É APREENDIDA EM SOBRADINHO ACUSADA DE TRÁFICO DE DROGAS

Terça-feira, 14/02, por volta das 16h, agentes da SRD (Seção de Repressão às Drogas) da 13ª Delegacia de Polícia apreenderam em flagrante uma menor de 16 anos acusada de tráfico de drogas.

A menor, moradora da invasão Vila Chuim, ao lado da Vila Denocs, em Sobradinho foi abordada pelos policiais no momento que tentava vender drogas para usuários.

Os agentes investigavam denúncias anônimas de que uma jovem estava traficando drogas em um barraco situado na invasão da Vila Chuim em Sobradinho e visualizaram uma movimentação de pessoas comprando drogas no local.

Os policiais se aproximaram para realizar a abordagem e os supostos usuários se evadiram do local. Os agentes adentraram no barraco e localizaram uma menor de 16 anos, 60 ( sessenta) pedras de crack divididas e preparadas para a venda e a quantia de R$ 20,00.

A menor foi apreendida e encaminhada à DCA juntamente com a droga. Na DCA a menor foi autuada em flagrante por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas.


Claudio Martins

GOVERNO MOBILIZADO CONTRA INDICATIVO DE GREVE DOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES

Assembleia que definirá se bombeiros e policiais militares cruzam os braços será às 20h desta quarta-feira (15), na Praça do Relógio, em Taguatinga; Autoridades do Executivo local e federal agem nos bastidores para desarticular movimento.


Natalia Emerich _Brasília247

Bombeiros e policiais militares do Distrito Federal se reúnem na noite desta quarta-feira (15), na Praça do Relógio, em Taguatinga, para decidir se será decretada greve às vésperas do carnaval, o que pode comprometer a segurança da população, a exemplo do que ocorreu na Bahia e no Rio de Janeiro. O Comando Geral da Polícia Militar descartou possibilidade de paralisação, mas alguns militares não estão levando a orientação à risca. O que está movimentando os bastidores da cúpula dos governos local e federal, que agem para impedir o caos.

Na terça-feira (14), o general José Elito Carvalho Siqueira, chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, se reuniu com o governador Agnelo Queiroz e com outras autoridades locais no Palácio do Buriti. Segundo a coluna de Eduardo Brito de hoje, a ordem é não deixar acontecer na capital o mesmo do que houve em outras unidades da Federação.

Interlocutores do Planalto prometem “jogar duro” com os grevistas em caso de motins. O governador do DF está otimista com o quadro, mas também prometeu não dar brecha para violência. “Nossa polícia não vai cair em aventura estimulada por alguns provocadores, como ocorreu na Bahia e no Rio”, teria Agnelo afirmado ao general Elito. O chefe do gabinete de Segurança do Planalto diz ter informações de que a PMDF não pretende cometer exageros.

De fato, a categoria parece estar se prevenindo para evitar transtornos. Na assembleia geral marcada para esta quarta-feira, os militares adotaram medidas para não prejudicar a imagem da categoria. Entre elas, estão orientações para que os manifestantes não levem bebidas alcoólicas e nem bebam antes do encontro para não alterar o estado de consciência na hora do debate; que estejam desarmados e sem farda e que levem alimentos não-perecíveis destinados à doação.

A categoria reivindica reposição salarial de 52%, com base no vencimento do subtenente; reajuste do auxílio alimentação para R$ 800, a mesma quantia paga aos servidores da Câmara Legislativa; auxílio transporte, que está em tramitação na Casa desde 2010, além da gratificação de serviço militar, adicional de inatividade e reajuste por gratificação ao serviço voluntário.

Atualmente aproximadamente 24 mil militares atuam nas ruas do DF. Os PMs têm os maiores salários do País. Recebem cerca de R$ 4,5 mil. Apesar de exigirem melhorias salariais, o governador adiantou que não é possível reajustar os vencimentos.

Na coluna do jornalista Eduardo Brito, Agnelo afirma que “há uma série de outras medidas de valorização e melhorias para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros”. Entre elas, segundo ele, estão o pagamento de benefícios atrasados desde 2005 que somavam mais de R$ 20 milhões e a promoção de 2.850 policiais.

Campanha salarial

O calendário de atos reivindicatórios não se limita aos militares. De acordo com o blog Rede Democrática PMDF , onde os policiais divulgam notas diariamente, cerca de 30 centrais sindicais, funcionários do Executivo, do Legislativo e do Judiciário, devem começar a campanha salarial 2012 até conseguirem propostas concretas de melhorias.

“A estimativa é de que, hoje, 2 mil pessoas participem da mobilização na Esplanada dos Ministérios. Contudo, para a marcha nacional marcada para 28 de março, a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) espera reunir 15 mil manifestantes. Tanta revolta resulta da percepção de que a presidente da República Dilma Rousseff está mesmo disposta a arcar com o custo político de bater de frente com o funcionalismo.”, diz trecho de post publicado nesta quarta-feira.

A publicação enfatiza ainda que os servidores já avisaram que, se as negociações não avançarem em 90 dias, eles vão radicalizar e trabalhar para realizar uma greve geral.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

MORADORES DE NOVA COLINA FICAM INDIGNADOS COM O GOVERNO E TENTAM POR CONTA PRÓPRIA RESOLVER O PROBLEMA CAUSADO PELA CHUVA.

Após as chuvas fortes que caíram na cidade de Sobradinho, alguns moradores não conseguiram entrar em suas casas devido as enchorradas que se formaram nas ruas e a lama que ficou entre os Condomínios Novo Setor de Mansões e Lara do setor Nova Colina.

Os moradores ficaram indignados com a situação e resolveram se mobilizarem, juntamente com a ASSEHNC ( Associação dos Moradores do Setor Habitacional de Nova Colina) para tentarem resolver em partes os problemas, já que o Governo e a Administração de Sobradinho não tomaram nenhuma decisão para resolverem o caos que as chuvas deixaram nas ruas dos condomínios que não foram beneficiadas pelo asfalto no ano das eleições.

Os moradores arrecadaram algum dinheiro e contrataram caminhões de concreto para poder tampar os buracos que as chuvas deixaram na rua, entretanto o serviço é muito caro e  não conseguiram pavimentar toda a rua, porém os moradores mais prejudicados agora conseguirão chegar em suas casas nos dias de chuva.

Uma moradora disse à reportagem que ninguém se preocupa com a situação que eles estão passando no condomínio. Ninguém aparece para tentar resolver esse problema de asfalto, temos luz, água, pagamos impostos caros e não temos o mínimo de dignidade para vivermos, eu não consigo entrar em minha casa nos dias de chuva, desabafa.

Outra moradora diz que o problema não é somente nas chuvas mas também a seca pois a poeira entra nas casas e deixa tudo sujo, nossos filhos ficam doentes com facilidade e como não é ano eleitoral ela fica preoculpada com a situação.

Enquanto os representantes do Governo não resolvem os problemas de Nova Colina os moradores se mostram unidos e preocupados com a situação criada pelas chuvas e assim tentam resolver os problemas mesmo que as próximas chuvas arrastem todo o concreto colocado na rua.



Claudio Martins

sábado, 11 de fevereiro de 2012

OFICIAIS DA PM E DOS BOMBEIROS DO DF APOIAM MOVIMENTO DOS PRAÇAS

Agencia Brasil
Foto: correiobraziliense
Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal decidiram neste sábado (11/2) aderir a um movimento local para cobrar aumento de salários e benefícios do governador Agnelo Queiroz. Eles participam de uma assembleia geral convocada pelos praças da PM, na próxima quarta-feira (15/2), em que serão definidas as pautas prioritárias da categoria entre dez pré-selecionadas.

Segundo o presidente da Associação dos Oficiais do Corpo de Bombeiros Militares do Distrito Federal, Sérgio Aboud, por enquanto os oficiais não pensam em greve e a mobilização não tem relação com o movimento grevista iniciado em outros estados. Ele também nega que se trate de pressão pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300, que estabelece um piso nacional para policiais militares e bombeiros.
“Mas ela realmente seria necessária. O policial ganha pouco e aí vai atrás de complemento que quem paga é o crime organizado. Hoje no DF não tem isso, mas é isso que o governo quer? Quer polícia subsidiada pelo crime organizado”, indaga. “Decidimos que vamos apoiar o movimento no dia 15 de forma ordeira e sem afrontar a ordem e a segurança pública. Dependendo do que acontecer lá [na assembleia], vamos ver que rumo tomar”.

O presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal, Sérgio Souza, disse que a categoria está insatisfeita com a falta de abertura do governo para discutir propostas. “Queremos salário digno, pois estamos há quatro anos sem ajuste, e reestruturação da carreira porque hoje existe uma anomalia da estagnação nos níveis hierárquicos superiores”.

Os oficiais preferem não falar em porcentagens de reajuste, mas sim em equiparação de salário com a Polícia Civil do DF. Segundo Aboud, dos bombeiros do DF, hoje o salário do coronel da PM de Brasília (o topo da carreira) chega a R$ 15 mil, enquanto um delegado da Polícia Civil em fim de carreira recebe cerca de R$ 20 mil. Outra comparação citada por ele é quanto ao salário recebido por um tenente (R$ 7 mil) e por um delegado em início de carreira (R$ 13 mil). Eles também afirmam que sabem das restrições de Orçamento para este ano, por isso a ideia é que os reajustes sejam feitos nos próximos dois anos. 

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

ASSASSINO DE POLICIAL FORAGIDO DA JUSTIÇA É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL ACAUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS EM SOBRADINHO

Desmair Moreira de Oliveira, 33 anos, condenado a trinta e oito anos de prisão por ter matado um policial militar em Sobradinho II no ano de 2004, e foragido do Sistema Prisional é preso novamente acusado de tráfico de drogas em Sobradinho.

Quinta-feira, 09/02, por volta das 19h30, agentes da SRD, Seção de Repressão às Drogas, da 13ª Delegacia de Polícia, após receberem denúncias informando que um cidadão conhecido por "Dengo" estava comercializando drogas na quadra 09, conjunto A, lote 09, na kit nete 17, realizaram diligêcias ao local e conseguiram registrar imagens de usuárias comprando drogas.

Os policiais fizeram abordagens às usuárias e elas disseram ter adquirido drogas na residência informada anteriormente.

Os agentes entraram na residência, abordaram Desmair e apreenderam na kit net de número 17 diversas porções de crack escondidas nos móveis da casa, com o suspeito foi localizada a quantia de trinta e sete reais. A droga apreendida pelos policias, se divididas, daria aproximadamente 100 pedras pequenas para a venda.

Desmair, que estava foragido da justiça por homicídio e latrocínio, que vitimou um policial militar em 2004, roubo e uso e porte de droga, foi conduzido à 13ª DP e autuado em flagrante por tráfico de drogas. Foi recolhido ao cárcer do DPE e ficará à disposição da justiça.

Assista o vídeo feito pelos agentes da SRD mostrando o momento em que as usuárias compram a droga do suspeito.


Claudio Martins

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR E DO CORPO DE BOMBEIROS SE REÚNEM NESTE SÁBADO PARA DECIDIR SE VÃO ADERIR AO MOVIMENTO. PARALIZAÇÃO SERÁ DEFINIDA EM ASSEMBLEIA UNIFICADA NO DIA 15 DE FEVEREIRO

Agência Brasil 

Foto: PMDF
Entidades que representam os policiais militares e bombeiros do Distrito Federal realizarão, nos próximos dias, assembleias para avaliar a possibilidade de greve da categoria. Pelos menos três líderes ouvidos pela Agência Brasil – entre eles, um oficial – disseram não descartar a possibilidade de uma paralisação às vésperas do carnaval.

No próximo sábado (11), as associações dos oficiais da Polícia Militar (Asof) e do Corpo de Bombeiros (AssofBM) realizam assembleias para decidir se aderem ao movimento unificado, iniciado por policiais militares, e participam da assembleia conjunta prevista para o próximo dia 15, em Taguatinga.

A assembleia conjunta do dia 15 servirá para que policiais e bombeiros de entidades que aderirem ao movimento unificado decidam se entram em greve, caso o governo do Distrito Federal não aceite negociar com a categoria.

Consideradas as diferentes entidades, os cerca de 22 mil policiais militares do Distrito Federal exigem reajuste salarial, isonomia com a Polícia Civil (segundo os militares, mais bem remunerada) e melhores condições de trabalho. Uma das entidades que divulgaram pauta de reivindicações, a Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares (Aspra), defende aumento de 52% sobre o salário bruto dos subtenentes, a título de reposição das perdas salariais dos últimos quatro anos. A associação diz que a categoria não teve reajuste nesse período.

De acordo com o presidente da Associação dos Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar (AssofBM), coronel Sérgio Fernando Aboud, a greve ainda não é consenso, embora as reivindicações sejam justas e o movimento já conte com o apoio de muitos oficiais.

“A priori, não queremos fazer nenhuma paralisação. Vamos reapresentar nossas reivindicações ao governo – que não nos ouviu no ano passado – e ver o que ele tem a dizer, mas não descartamos a possibilidade de uma greve. Tudo vai depender do resultado das [duas] próximas assembleias”, disse o oficial à Agência Brasil.

Para Aboud, há quem queira aproveitar o momento e reproduzir no Distrito Federal a paralisação da Polícia Militar baiana, em greve desdo o último dia 31. “Eu acho isso irresponsável, pois cada estado tem suas realidades. De qualquer forma, se os oficiais resolverem parar, acabou. Para tudo.”

De acordo com o coronel, há quatro anos, a categoria não recebe reajuste salarial, embora o volume de recursos repassados pelo governo federal ao Distrito Federal, por meio do Fundo Constitucional, tenham aumentado. Criado em 2002, o fundo é uma modalidade de transferência de recursos da União para o governo local custear, integralmente, os gastos com segurança pública e, parcialmente, as despesas com saúde e educação.

Já o vice-presidente da Aspra, sargento Manoel Sansão Alves Barbosa, disse que, se até o dia 15, o governo do Distrito Federal não der sinais de que está disposto a receber os representantes da categoria e atender suas reivindicações, a assembleia geral fatalmente resultará na paralisação.

“É mais que justo que a categoria cruze os braços após o dia 15, caso o governo do Distrito Federal não demonstre boa vontade de negociar”, comentou Sansão, garantindo que o aumento dos repasses do Fundo Constitucional chega a 58,06% entre os anos de 2008 e 2012. “Por isso, queremos o aumento de 52%. E pode ter certeza de que não iremos para o movimento como os colegas da Bahia [onde parte dos militares não aderiu à paralisação]. Vamos todos unidos, até os oficiais”, afirmou.

Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou ter tomado conhecimento do movimento ontem (6) à tarde e disse que já está avaliando a situação. Está prevista, inclusive, uma reunião com o comando das duas forças para decidir como tratar o assunto, além de convite às lideranças do movimento para negociar.

COMANDO DA POLÍCIA MILITAR DESCARTA GREVE DOS POLICIAIS

Apesar da mobilização de PMs para interromper as atividades, Comando da Polícia Militar envia nota alegando não trabalhar com a hipótese de uma paralisação e reforça ser proibida greve entre policiais militares.


Natalia Emerich 
 
Policiais militares do Distrito Federal continuam a movimentação para uma possível paralisação em 15 de fevereiro, às vésperas do carnaval. Apesar da ameaça de motim, o Comando da Polícia Militar não trabalha com a hipótese de paralisação e enfatiza que os policiais são proibidos de cruzar os braços. No domingo (5), a categoria divulgou uma carta aberta à sociedade e pediu apoio da população, o que será bem difícil diante da onda de violência que se instalou em Salvador (BA) por causa da greve dos policiais baianos.
Em nota enviada nesta segunda-feira (6), o Comando da Corporação afirmou que acompanha o movimento que reivindica aumento de salário pela internet e reforça que a assembleia geral, marcada para o dia 15 de fevereiro, na Praça do Relógio, em Taguatinga, é um direito amparado pela Constituição Federal aos policiais que estiverem de folga. “Ao policial militar é proibida a greve. Os policiais do Distrito Federal são os mais bem preparados e têm ciência desta proibição, portanto o comando da corporação não trabalha com a hipótese de paralisação e acredita que a situação será resolvida de maneira pacífica e ordeira”, diz trecho da nota.

A certeza do comando, porém, não reflete as constantes publicações feitas no blog da Associação Rede Democrática da Polícia Militar do DF. No último post, divulgado no domingo (5), policiais e bombeiros fazem um apelo. “Pedimos o apoio a toda a sociedade brasiliense, a qual juramos morrer para defender o que muitos já o fizeram.”

Ainda na publicação de domingo – que deverá ser impressa e distribuída para a comunidade –, o governador Agnelo Queiroz é criticado. “Soldado da Polícia Militar e do Bombeiro Militar deveriam receber um salário justo e digno, que seria 50% da remuneração de um coronel da corporação, em troca de um excelente serviço prestado a sociedade do Distrito Federal. Ao invés disso o senhor governador do Distrito Federal concedeu aumento ao Detran e à Polícia Civil. Para nós, acena com R$ 12 para completar o soldo que ficou abaixo do mínimo. Nossa luta não é política, é por dignidade para nossas famílias.”

Os policiais e os bombeiros exigem reposição salarial de 52%, com base no vencimento do subtenente; reajuste do auxílio alimentação para R$ 800, a mesma quantia paga aos servidores da Câmara Legislativa; auxílio transporte, que está em tramitação na Câmara Legislativa desde 2010, além da gratificação de serviço militar, adicional de inatividade e reajuste por gratificação ao serviço voluntário. Aproximadamente 24 mil militares atuam nas ruas do DF. Os PMs no DF têm os maiores salários do País. Recebem cerca de R$ 4,5 mil.

Caos na Bahia
No último dia de janeiro, parte do efetivo da Polícia Militar baiana cruzou os braços para reivindicar reajuste no plano de carreira e melhores condições de trabalho. Desde então, as ruas da Bahia se tornaram palco de uma grande onda de violência, com roubo em estabelecimentos comerciais, assaltos a mão armada e dezenas de mortes em menos de uma semana.
No dia 3 de fevereiro, homens do Exército desembarcaram na capital baiana para reforçar a segurança na cidade.

MACONHA QUE SERIA VENDIDA NO CARNAVAL EM SÃO SEBASTIÃO É APREENDIDA PELA POLÍCIA MILITAR

Segunda-feira, 06/01, por volta das 22h30, a equipe do Tático Operacional Rodoviário composta pelo subtenente Cleônio, sargento Carloman, cabos Ademar e Jailson, soldados De Castro, David Rodrigues e Luis Silva, realizava ponto de bloqueio na DF 250 km 08 e depararam com um veículo Gol, que ao perceber a barreira policial tentou se evadir da guarnição.

A equipe conseguiu interceptar e abordar o veículo. Após a revista pessoal nos ocupantes, os policiais encontraram no interior do veículo  aproximadamente 10KG de maconha prensada.

Wanderson Pereira Lemos, 33 anos, e Daniel Sales dos Santos, 22 anos, foram presos e encaminhados à 6ª Delegacia de Polícia. Na delegacia foi constatado que os suspeitos já tinham antecedentes de tráfico de drogas, receptação, roubo e porte ilegal de arma de fogo, estando em liberdade condicional.

Quando questionados sobre a procedência da maconha os suspeitos afirmaram que iriam revender a droga em São Sebastião no carnaval próximo.

Wanderson e Daniel foram autuados em flagrante na 6ª Delegacia de Polícia do Paranoá por tráfico de drogas, foram conduzidos ao cárcere do DPE e ficarão a disposição da justiça.

Claudio Martins

POLICIAIS CIVIS DA 13ª DELEGACIA DE POLÍCIA PRENDEM TRAFICANTES EM SOBRADINHO E APREENDEM MACONHA.

Nesta segunda-feira, 06/02, por volta das 13h, agentes da SRD (Seção de Repressão às Drogas) e SIC/Vio da 13ª Delegacia de Sobradinho, receberam várias denuncias de que um cidadão vulgarmente conhecido por “Doriva” estava praticando um intenso tráfico de drogas na residência dele, situada na quadra 05 CL 14 apartamento 101 e segundo a denuncia, o comprador se aproximava da sacada do apartamento e chamava por “Doriva” que descia com a droga e efetuava a venda. O informante disse ainda que na residência de “Doriva” havia uma quantidade razoável de maconha.

Com as informações recebidas os policiais se deslocaram até a quadra 05, encontraram o suspeito em uma parada de ônibus e resolveram fazer a abordagem. Com o suspeito de nome Dorivaldo Dourado Costa, vulgo “Doriva” foi encontrada uma porção de maconha prensada, envolta por plástico, no bolso de sua bermuda. 

Os policiais levaram o suspeito até a sua residência e encontraram dentro de um guarda-roupa, no quarto do irmão de “Doriva” um tijolo de maconha e um caderno com nomes de compradores com valores escritos na frente de cada nome. 

Dentro do quarto de “Doriva” foi encontrada em outro guarda-roupa, outra barra de maconha de aproximadamente 1 kg, envolto de fita adesiva de cor bege. Dentro de uma caixa de calçado que estava dentro do móvel foram encontradas mais sete tijolos de tamanhos variados da mesma substância, enrolados em plásticos transparentes, uma pedra de cor preta acondicionada em plástico transparente, aparentando ser a droga conhecida por “haxixe”, uma munição calibre .380 e outra calibre .28, além de R$ 250,00 em espécie. 

No momento das buscas compareceu à residência Admilson Dourado Costa, dizendo ser o irmão de “Doriva. Os dois foram presos e encaminhados à 13ª Delegacia de Polícia.

Na delegacia Admilson confessou aos policiais civis que estava traficando maconha, pois estava precisando de dinheiro. Os policiais apreenderam aproximadamente 2Kg de maconha na residência dos suspeitos.

Dorivaldo e Admilson foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, foram recolhidos ao cárcere do DPE e ficarão à disposição da justiça.

Claudio Martins