P U B L I C I D A D E

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

HOMEM É PRESO EM SOBRADINHO II, POR POLICIAIS CIVIS, ACUSADO DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL

No dia 13/01, policiais da 35ª Delegacia de Polícia receberam a informação de que a pessoa de ALYSSON FERNANDES DA SILVA, 18 anos, teria abusado sexualmente de uma criança, do sexo masculino, de apenas 05 anos de idade.

Diante das notícias, as Policiais da SAM passaram a diligenciar no sentido de angariar maiores informações a respeito do ocorrido, quando então, na data de 17/01/2012, lograram êxito em realizarem uma entrevista com o infante.

Em tal entrevista, a criança declinou pormenorizadamente os atos levados a efeito por ALYSSON FERNANDES DA SILVA. Em face das informações que os policiais já possuíam, representaram ao Judiciário pela Prisão Preventiva de ALYSSON, o qual já estava se evadindo para sua cidade natal, Rio Tinto - PB, instante em que o mesmo acabou sendo preso nas imediações da rodoviária de Sobradinho II – DF.

O que chama atenção ao presente caso é que os pais do infante, Flavio e Fabiane, conheciam Alysson desde seu nascimento e comovidos pela precária situação que Alysson enfrentava em RIO TINTO – PB, resolveram por bem convidá-lo para residir com a família em Sobradinho II – DF.

A família de Flavio e Fabiane ainda conseguiram um emprego para Alysson, o qual passou a trabalhar como ajudante de pedreiro e, mesmo com esta oportunidade ofertada por ambos, acabou traindo a confiança do casal e abusou sexualmente do infante.

Em seu interrogatório, Alysson confirma o abuso, declinando que a criança estava deitada em sua companhia, na cama em que dormia, quando então Alysson teria ficado excitado e passou a friccionar seu pênis contra as nádegas da criança, a qual não entendia o que estava acontecendo. Declinou ainda que não conseguiu penetrar a criança e que após alguns momentos acabou ejaculando nas nádegas do infante.

Alysson foi preso em virtude de Mandado de Prisão Preventiva e se encontra recolhido ao cárcere do DPE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário