P U B L I C I D A D E

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

POLICIAIS CIVIS DE SOBRADINHO II DESVENDAM CRIME DE HOMICÍDIO E LOCALIZAM O CORPO DENTRO DE UMA CISTERNA NA VILA RABELO

Nesta quarta-feira, 28/12, por volta das 23h, policiais civis da 35ª Delegacia de Polícia desvendaram um homicídio na cidade, o autor confessou o crime e disse aos policiais que jogou o corpo em uma cisterna desativada no seu quintal.

O corpo de Francisco José Medeiros, 41 anos, vulgo Cigano, foi localizado por policiais civis enterrado em uma cisterna na Vila Rabelo II, após seu assassino confessar o crime e mostrar o lugar que estaria o corpo.

Francisco estava desaparecido desde sexta-feira, 23/12. Os vizinhos notaram o desaparecimento e entraram em contato com os policiais da 35ª Delegacia de Polícia que começaram as investigações sobre o sumiço de “Cigano”.

 Em um bar, os policiais localizaram o suspeito, Modesto Bastos da Silva, 53 anos, ele foi conduzido a 35ª DP e disse aos policiais que “Cigano” era usuário de droga e no início do mês teria comprado dele uma geladeira e um fogão usados por R$ 70,00, porém ainda não teria pago. Na sexta-feira, 23/12, a vítima foi até sua residência cobrar a dívida e o agrediu com um pedaço de pau, porém conseguiu se levantar e revidar as pauladas, atingindo três vezes a cabeça de “Cigano”, então pegou o corpo e jogou em uma cisterna que não estava em uso dentro do seu lote.

Com as informações prestadas pelo suspeito, os policiais solicitaram o apoio do Corpo de Bombeiros, se deslocaram até a residência de Modesto e na cisterna foi localizado o corpo de Francisco, já em estado de decomposição.

Modesto foi autuado pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver e poderá pegar uma pena de cinco a dez anos de cadeia se condenado pelo crime. Ele foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) e ficará a disposição da justiça
.


Claudio Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário