P U B L I C I D A D E

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

IRMÃOS TENTAM MATAR MULHER APÓS SEQUESTRO RELÂMPAGO EM SOBRADINHO


No dia 09 de dezembro houve um sequestro relâmpago na Qd. 14 de Sobradinho, ao abrir a loja onde trabalha, a vendedora Aline Mara (27) foi rendida por três indivíduos, colocada dentro do seu próprio carro e com os bandidos se deslocaram até Planaltina, eles pararam em um posto de combustível e após abastecer seguiram para uma área de cerrado próximo ao bairro Arapoangas, nesse local os elementos  esfaquearam a mulher na nuca e furaram suas costas três vezes com uma faca, a mesma relatou que um deles tentou matá-la com um tiro, mas a arma falhou. 

Após seu desmaio os bandidos à abandonaram no matagal e levaram seu carro. Um homem que trabalha em uma loja de material de construção perto do local do crime, viu a movimentação e foi ver o que era, lá ele encontrou a mulher toda ensanguentada, então chamou os bombeiros e os policiais militares. Ela foi socorrida no HRP. 

A partir de então os policiais iniciaram a procura dos elementos e do veículo da vítima. 

Nesta quinta-feira (15) após receber a informação que um Fiesta com as características do carro da vítima estava circulando no Arapoangas ostentando a placa de um GM Opala, as Equipes de GTOP-34 Alfa e Bravo iniciaram a busca, e no conjunto M, frente a casa 5 foi encontrado o referido veículo e no seu interior o menor I. C. S. de 14 anos. 

Através de fotos, visualizadas pela vítima, o menor e seu irmão de nome Jeferson de 18 anos foram reconhecidos como autores da tentativa de latrocínio e sequestro ocorrida no dia 09. Somente o menor foi apreendido, o seu irmão Jeferson está sendo procurado, juntamente com um terceiro individuo de nome Emerson.

Diante dos fatos a Equipe de GTOP Bravo comandada pelo Sgt Manoel Lima, Sérgio Luis, cabo Teixeira e soldado Sardinha, conduziram as partes e o veículo à 31ª DP e posteriormente à DCA, onde o menor foi autuado por Ato Infracional.
Apoio: GTOP Alfa - Sargento Ganda, Cabo Paulo Martins e SD Jair Xavier

Por Jair Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário