P U B L I C I D A D E

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

EM PLANALTINA, POLICIAIS MILITARES DE FOLGA SALVAM CRIANÇA QUE ESTAVA SENDO ATACADA POR PITBULL E ROTTWEILEER


Por Ferreira Santos/ com informação da comunicação social - PMDF.
Medalha de bravura. Google
O Sargento Eldes e o Cabo Rogério são integrantes do GTOP 34 - Grupamento Tático Operacional do 14º BPM de Planaltina, força de elite que atua nas cidades de Brasília. Os dois policiais estavam de folga na manhã desta quarta-feira (9/11), e seguiam com destino ao Plano Piloto, onde resolveriam problemas pessoais. Antes pararam numa padaria para tomar café. Uma senhora em desespero chegou pedindo socorro, o filho de três anos, estava sendo atacado por cães. Os dois militares ouviram o pedido da mãe e foram ao local salvando Diogo Souza das garras dos animais e em seguida levaram a criança e a mãe ao Hospital Planaltina.

Por volta das 9h, o Sargento Eldes e o Cabo Rogério passavam pela DF 128, na altura do Módulo B da Estância, pararam o veículo numa padaria para tomar café. Foi quando apareceu Mayara Ribeiro, 23 anos, desesperada, ela pediu socorro, seu filho Diogo de Souza, uma criança de 3 anos de idade, estava sendo atacada por dois cães das raças Pitbull e Rottweiler. 

Os policiais ao ouvirem o pedido de socorro de Mayara saíram correndo em direção ao local onde a criança estava sendo atacada. O Sargento Eldes e o Cabo Rogério avistaram a criança no chão sendo sacudida pelos cães. Depois de alguns minutos, os policiais conseguiram tirar a criança do poder dos animais e levá-la de imediato no veículo de propriedade do Cabo Rogério até o Hospital Regional de Planaltina, onde a criança foi atendida com ferimentos nas orelhas, na cabeça e pescoço. Segundo a avó da criança, a senhora Maria Ribeiro, a criança continua internada com ferimento na cabeça, mas está fora de perigo. Se tudo der certo, Diogo deve ter alta ainda hoje - disse ela.

Segundo o Cabo Rogério quando percebeu que a criança estava muito ferida, logo a colocou em seu veículo. Em alta velocidade, ele e o Sargento Eldes levaram a criança e a mãe ao pronto socorro do Hospital de Planaltina. O militar disse que só deu conta que tinha avançado vários sinais e barreiras eletrônicas depois. Porém, ter salvado a vida daquela criança compensou todo esforço - disse o policial.

Na 16ª Delegacia de Polícia de Planaltina o Delegado plantonista Diego afirmou que o fato foi registrado e será apurado. O Delegado aguardava um parecer do Hospital de Planaltina para dar prosseguimento na apuração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário