P U B L I C I D A D E

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

BOMBEIRO É ACUSADO DE ATIRAR NA COMPANHEIRA. ELA PODE FICAR SEM OS MOVIMENTOS DAS PERNAS, SEGUNDO OS MÉDICOS

Por Ferreira Santos/blogdoferreirasantos
Policiais do Grupamento Tático Operacional GTOP 33 do 13° Batalhão da Polícia Militar de Sobradinho, prenderam em flagrante o Sargento do Corpo de Bombeiros Rômulo Antônio (46) acusado de atirar contra a esposa na noite de quinta-feira (27) por volta das 19h20. O fato teria acontecido na casa do casal no condomínio Chácara Buritis em Sobradinho II, a arma usada no crime uma pistola INBEL, 380, com 5 munições intactas também foi apreendida pelos policiais além de uma espingarda de chumbinho.  Populares disseram que ao menos quatro disparos foram ouvidos, um acertou as costas da vítima, que segundo os médicos, pode perder os movimentos das pernas.
O flagrante ocorreu após os policiais do GTOP 33 terem sidos acionados por volta da 19h20 da noite desta quinta-feira pela Central Integrada de Atendimento Despacho (CIADE), para atendimento de ocorrência de disparo de arma de fogo no condomínio, Chácara Buritis rua, 396, em Sobradinho II. Cerca de quatro disparos foram ouvidos por testemunha, que relataram que antes teria havido uma discussão entre o casal.
No local a equipe do GTOP 33 comandada pelo Subtenente Valtencir e composta pelo Cabo Carneiro e Soldados Alysson Xavier e Flávio, depararam com a vítima Márcia Alves da Silva, 40 anos, deitada no colchão em um dos quartos da casa após ser atingida nas costas por disparo de arma de fogo, o marido ao lado. Segundo relatos de populares e da própria vítima aos policiais o autor dos disparos teria sido o esposo.
Ao realizarem buscas no local, os policiais militares localizaram a arma usada pelo acusado para efetuar os disparos que acabou atingindo a vítima pelas costas.  Socorrida pela UTE 299 do Corpo de Bombeiros ao Hospital de Sobradinho, e depois transferida para o HBB para uma avaliação neurocirúrgica para a retirada do projétil. Segundo os médicos o projétil teria entrado pelas costas atingido o abdômen, os pulmões e a medula ficando alojado. Os médicos alertaram que provavelmente Márcia Alves poderá perder os movimentos dos membros inferiores.
Antes de ser detido pelos policiais o acusado reagiu à prisão lesionando um dos componentes do GTOP 33, que teve de ser encaminhado ao  IML para exame de corpo e delito. Após ser dominado o acusado foi levado juntamente com a arma apreendida, uma pistola IBEL 380 e 5 munições a 35ª Delegacia de Polícia de Sobradinho II, onde o acusado foi identificado como Rômulo Antonio, 46 anos,  Sargento do Corpo de Bombeiros.
Na delegacia o acusado teve uma crise de hipoglicemia e foi escolta por uma guarnição do Corpo de Bombeiros (ASG49) ao Hospital de Sobradinho, para tomar insulina, devido a diabetes. Ao receber alta retornará a 35ª DP, para ser autuado por tentativa de homicídio e resistência a prisão.
O Major Célio Wilson comandante do 4º Grupamento de Bombeiro Militar onde o Sargento Rômulo é destacado, disse que o militar é um bom profissional, nunca tivemos problemas com ele no quartel, estou surpreso com tudo isso. O major afirmou que o militar tem porte de arma e registro. Salientou que todos os procedimentos em relação ao caso serão tomados. Logo que os médicos derem alta para ele, nós o apresentaremos a 35ª Delegacia para os procedimentos, em seguida conduziremos ao IML e por fim ao presídio destinado a militar. Além disso, iremos abrir procedimento administrativo que pode ser uma sindicância ou um inquérito policial militar. Finalizou o major Célio.
Uma senhora que não quis ter o nome revelado contou, que o acusado é muito ciumento. Dias atrás a vitima, machucada, teria chegado a sua casa pedindo ajuda para guardar o carro na chácara dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário