P U B L I C I D A D E

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

HOMEM MORRE QUEIMADO DENTRO DE CARRO APÓS PERDER O CONTROLE DO VEÍCULO NA BR 020 E BATER EM UMA ÁRVORE EM SOBRADINHO


Nesta quarta-feira, dia 14 de setembro de 2011, por volta da 22h, César Freitas Rodrigues, 28 anos, morador da Asa Sul, perdeu o controle do veiculo que conduzia um I-30 da Hyundai, e bateu em alta velocidade numa árvore próximo ao Supermercado Comper em Sobradinho. O condutor morreu queimado dentro do carro, pois com o choque frontal o carro ficou destruído e pegou fogo.


Populares que presenciaram o acidente correram para o local e tentaram tirar a vítima de dentro do veículo antes que o fogo a queimasse por inteiro, porém não tiveram êxito, devido a dificuldade de quebrar o vidro do carro e a falta de extintores necessários para apagar o fogo que consumiu o veículo muito rápido.


O Corpo de Bombeiro chegou rápido no local, mas não conseguiu salvar a vítima que ficou queimada dentro do veículo.


Segundo uma testemunha que estava em uma moto, sentido Planaltina/Sobradinho, o veículo teria passado por ela, próximo a cidade de Mestre D'armas em alta velocidade, momentos depois encontrou o veículo batido e fora da pista, parou a motocicleta e tentou ajudar a vítima que estava desacordada, porém se mexendo. Pegou o capacete e tentou quebrar o vidro para retirar o condutor do veículo, mas não conseguiu. Pegou um extintor de incêndio e começou a usá-lo na vítima para tentar apagar o fogo que se aproximava muito rápido, mas foi em vão.



A Polícia Militar esteve no local e isolou a área para esperar a chegada da Polícia Rodoviária Federal. A Polícia Civil foi ao local do acidente e colheu as informações de testemunhas, posteriormente solicitaram a perícia para o local.

Familiares estiveram presentes e ficaram inconsolados com a perda  do ente querido.

Por Claudio Martins

Um comentário:

  1. Solicito a retirada do video do ar IMEDIATAMENTE.

    A família não assistiu esse video ainda e estamos concentrando esforços para consolá-los.

    Além disso, a informação é FALSA! O laudo do IML prova que ele faleceu na hora que o carro bateu e não queimado, como essa reportagem sensacionalista e sem compromisso com a verdade quer dizer.

    ResponderExcluir