P U B L I C I D A D E

quarta-feira, 20 de abril de 2011

TRAGÉDIA NO HOSPITAL DO PARANOÁ, UM BEBÊ MORRE ANTES MESMO DE NASCER

Um casal esperou durante nove meses pela chegada da pequena Júlia e perdeu a filha antes mesmo dela nascer. O pai acredita que houve negligência médica.

Antônio Alves de Almeida levou a esposa para o hospital do Paranoá por volta das 10h de domingo (17), pois a mulher se encontrava com a pressão alta. Segundo Antônio, o bebê estava bem e os médicos pediram que sua esposa fosse para casa e voltasse com as contrações mais avançadas. A esposa foi atendida por volta de 1h30min da segunda-feira (18). Ao ser examinada pelo médico de plantão, foi verificado que o bebê estava morto.

Desesperado, o pai decidiu denunciar o caso ao Ministério Público e foi à 6ª Delegacia de Polícia do Paranoá para registrar ocorrência.

Até agora o pai não tem em mãos a cópia do prontuário e nem o laudo médico; não sabe o motivo da morte de sua filha: "simplismente o médico me falou que não sabia do que minha filha morreu" - diz Antônio.

A dor que Antônio sente é inexplicável, ele sabe que não vai ter a filha de volta, porém quer que os culpados pela morte de sua filha sejam punidos e que essa tragédia não aconteça com outras famílias.

"Quantas Júlias vão precisar morrer, para que alguém tome providências. Perdi tudo, meu tesouro, minha princesa" - lamenta Antônio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário