P U B L I C I D A D E

segunda-feira, 11 de abril de 2011

ESTÁDIO MANÉ GARRINCHA COMPORTARÁ 70 MIL PESSOAS

O Estádio Nacional de Brasília, conhecido como Mané Garrincha, terá 70 mil lugares mesmo que a capital federal não receba a abertura da Copa de 2014. A decisão foi tomada pelo governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz tendo em vista o desenvolvimento do turismo e da economia em Brasília. O investimento servirá também para outros grandes eventos que estão previstos para acontecer aqui na cidade como a Copa das Confederações, a Copa América e a Universíade — uma considerada olimpíada universitária internacional.

A princípio, o governo do Distrito Federal esperou a decisão da Federação Internacional de Futebol (Fifa), sobre qual estádio sediaria o jogo de abertura, para definir a capacidade de público. No entanto, a intenção do governador agora é fazer um estádio para no mínimo 50 anos e não apenas para a Copa.

A decisão do governador contradiz o discurso da última eleição, realizada em outubro passado. Na ocasião, o então candidato defendia à redução da capacidade do estádio, que já foi classificado pelo Ministério Público como um futuro "elefante branco" e cujo custo deve passar de R$ 1,1 bilhão. Em novembro, após vencer a eleição, Agnelo havia afirmado que se a abertura da Copa fosse confirmada para a cidade de São Paulo, o novo Mané Garrincha teria a capacidade reduzida de 70 mil para 40 mil lugares.


Fonte: clicabrasília.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário