P U B L I C I D A D E

domingo, 17 de abril de 2011

CONCURSOS PÚBLICOS VOLTARÃO EM 2012

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, garantiu que a medida de suspensão dos concursos públicos não se estenderá para o ano que vem. Segundo ela, a política de suspensão das contratações e nomeações nos órgãos da Administração Direta, anunciada em fevereiro, “diz respeito apenas a 2011”.

“Essa medida não valerá para todo o governo atual. Também vou me reunir com a presidente (Dilma Roussef) nos próximos dias para rediscutir essa medida”, enfatizou Belchior.

Durante entrevista coletiva para anúncio do Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2012, enviado ontem ao Congresso Nacional, os candidatos aprovados no último concurso público do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no qual foram selecionados 60 pessoas, serão nomeados em breve.

A ministra também comentou que o Ministério do Planejamento vai autorizar novo concursos públicos para contratação de  servidores efetivos. No entanto, ela não infomou o quantitativo de vagas nem quando sairá a portaria liberando essa seleção. As recentes liberações de nomeações e autorização de concurso podem ser um sinal  de que, em breve, podem ocorrer  liberações para órgãos com demandas emergenciais de pessoal. Essa determinação é um alívio para os concurseiros.

caso a caso

A ministra voltou a explicar que as autorizações estão sendo concedidas para os órgãos públicos que possuem demandas emergenciais. “Vamos autorizar analisando caso a caso”, acrescentou. Segundo ela, no próximo dia 20 de maio,  o Ministério do Planejamento divulgará um relatório com uma grade de parâmetros, como ela denominou, em que irá detalhar a situação da receita de toda a administração pública e os gastos com a abertura de novas seleções e futuras nomeações de concursados.

O corte anunciado há dois meses, de R$ 50,1 bilhões, no Orçamento da União, o chamado “arrocho” no Executivo, atingiu em cheio  os concursos que estavam previstos para sair neste ano e deixou concurseiros preocupados. No entanto, as notícias de autorização, tanto para temporário quanto para efetivo, pode ser uma luz no fim do túnel para quem sonha ingressar no serviço público. De acordo com a Assessoria de Imprensa do Planejamento, o relatório deve sair até o fim do mês.

De acordo com a ministra Miriam Belchior, o governo contratará apenas os servidores públicos absolutamente essenciais neste ano. Segundo ela, as convocações dos aprovados estão sendo criteriosamente analisadas conforme a necessidade dos órgãos públicos.

“Somente os concursos com aprovados em cursos de formação terão contratação de servidores. Fora disso, apenas nos casos estritamente necessários haverá contratações”, afirmou a ministra.

Fonte: Clicabrasilia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário