P U B L I C I D A D E

segunda-feira, 25 de abril de 2011

COMEÇA HOJE O COMBATE À GRIPE EM TODO DISTRITO FEDERAL

Começa hoje a 13ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe). Até 13 de maio, pessoas a partir dos 60 anos, trabalhadores de saúde, indígenas, gestantes e crianças de seis meses a dois anos devem procurar os postos de saúde para se imunizar. A meta é proteger pelo menos 80% da população-alvo, quase 260 mil pessoas. Com essa mobilização, o Ministério da Saúde e as secretarias pretendem diminuir a mortalidade e as internações causadas pela doença.

No DF, todas as salas de vacinação funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. No dia 30 — data de mobilização nacional — , 151 postos de vacinação funcionarão das 8h às 17h, além de duas equipes volantes, que atenderão à clientela com dificuldade de comparecer aos postos nos dias úteis.

Entre os postos disponíveis, seis estão na Asa Sul, oito na Asa Norte, dois em Brazlândia, nove em Ceilândia, 12 no Gama, cinco no Guará, 10 no Núcleo Bandeirante, sete no Paranoá, 29 em Planaltina, sete no Recanto das Emas, 12 em São Sebastião, quatro em Samambaia, 14 em Santa Maria, oito em Sobradinho e 20 em Taguatinga.

Serão distribuídas 353.500 doses de vacina contra a influenza. Os telefones do Disque Saúde —160 — e do Disque Idoso — 0800 644 1401 — estarão à disposição para informações e para agendamento de vacinação domiciliar de acamados. A vacinação nos asilos também começa hoje e segue calendários específicos das regionais de saúde.

A prevenção pode reduzir até 45% do número de hospitalizações por pneumonia e 75% da mortalidade. A injeção, porém, tem contraindicações para pessoas com reação anafilática prévia, alérgicas a ovo de galinha, que apresentaram reações graves a doses anteriores e portadores de doença neurológica. Quem estiver com febre também deve adiar a medicação.

A influenza é uma infecção viral, que afeta o sistema respiratório, especificamente nariz, garanta e brônquios. O contágio ocorre de forma direta, por meio das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Mas também pode se dar de forma indireta, pelas mãos, que, após contato com superfícies recém-contaminadas, podem levar o vírus direto à boca, aos olhos e ao nariz. Podem ocorrer complicações como otites, sinusites e bronquites.


FONTE: correiobraziliense.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário